1. O ano do terrorismo e de Trump em 73 imagens
    30 Dezembro 2016
    2016 vai ficar para a História como o ano em que Trump venceu as eleições, os britânicos escolheram o Brexit, o terrorismo manteve-se no Médio Oriente e ganhou raízes na Europa. O ano em fotos.
    Utilize as setas do teclado
    João de Almeida Dias
  2. 16/01
    Entra em vigor o acordo nuclear entre os EUA e o Irão

    O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, encontra-se com o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão, Javad Zarif, em Viena. Assim que o acordo entra em vigor, Washington levanta sanções sobre o petróleo e descongela contas iranianas em bancos norte-americanos. Em troca, Teerão solta quatro prisioneiros.

    Foto: KEVIN LAMARQUE/AFP/Getty Images
  3. 31/01
    Estado Islâmico mata 70 pessoas em Damasco, na Síria

    Um bombista suicida mata 70 pessoas no principal santuário xiita de Damasco, a capital da Síria. Entre as vítimas estão 42 soldados do exército de Bashar Al-Assad. O ataque é reivindicado pelo Estado Islâmico.

    Foto: LOUAI BESHARA/AFP/Getty Images
  4. 1/02
    Começam as eleições primárias nos EUA

    Como é tradição, as eleições primárias do Partido Republicano e do Partido Democrata começam no estado do Iowa. Donald Trump e Hillary Clinton são os favoritos, mas as sondagens não lhes preveem um caminho fácil — sobretudo ao candidato republicano.

    Foto: Joe Raedle/Getty Images
  5. 8/02
    Coreia do Norte usa míssil para enviar primeiro satélite para o espaço

    A Coreia do Norte coloca em órbita o satélite Kwangmyongsong-4. O míssil que o transportou foi detetado pelos EUA. O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, disse que o gesto era “uma violação flagrante" dos princípios do Conselho de Segurança da ONU. Pyongyang falou em dar "prioridade à ciência e tecnologia".

    Foto: KIM HEE-CHUL/EPA
  6. 26/02
    Moderados vencem eleições para Assembleia dos Peritos do Irão

    Nas primeiras eleições depois de o acordo nuclear entrar em vigor, as forças mais conservadoras do Irão são abaladas por uma vitória dos moderados na Assembleia dos Peritos. É este órgão que irá escolher o sucessor de Ali Khamenei, o Líder Supremo do Irão, atualmente com 77 anos.

    Foto: ATTA KENARE/AFP/Getty Images)
  7. 11/02
    Ataque do Boko Haram mata pelo menos 70 pessoas na Nigéria

    Duas mulheres ligadas ao Boko Haram fizeram-se explodir num campo que acolhe pessoas que fogem àquele grupo terrorista, no nordeste da Nigéria. Uma terceira bombista foi detida e confessou que não acionou a sua bomba por achar que os seus pais podiam estar naquele campo de refugiados.

    Foto: AFP/Getty Images
  8. 4/03
    Lula é detido para interrogatório

    A pedido do juiz Sérgio Moro, o ex-Presidente do Brasil, Lula da Silva, é detido para interrogatório no âmbito da Operação Lava Jato. Justiça quer investigar alegados pagamentos recebidos por Lula e os seus próximos por empresas ligadas à Odebrecht. O Instituto Lula diz que detenção é baseada em "invencionices".

    Foto: SEBASTIAO MOREIRA/EPA
  9. 13/03
    Partido de Merkel perde terreno em eleições regionais

    Nas primeiras eleições depois de abrir as portas da Alemanha a cerca de um milhão de refugiados, a CDU de Angela Merkel sai mais fragilizada das eleições nas três regiões que vão a votos. A direita populista e xenófoba da AFD, fundada em 2013, é quem ganha mais terreno. Chega a ter 24% em Sachsen-Anhalt.

    Foto: RONNY HARTMANN/AFP/Getty Images
  10. 15/03
    Donald Trump vence primárias na Florida e torna-se imparável

    Depois de uma série de vitórias em vários estados, Donald Trump conquista a Florida com 46% dos votos e confirma o seu cada vez maior favoritismo. Para trás fica Marco Rubio que, ao obter apenas 17% no seu próprio estado, desiste da corrida. Já só sobram Ted Cruz e John Kasich para fazer frente a Donald Trump.

    Foto: Brian Blanco/Getty Images
  11. 18/03
    União Europeia e Turquia fecham acordo sobre refugiados

    A União Europeia e a Turquia chegam a um acordo para a crise dos refugiados. As duas partes estabelecem que o Governo da Turquia acolherá todos os refugiados que cheguem à Europa depois de saírem do seu país. Em troca, recebe 3 mil milhões de euros, ajuda logística e uma porta aberta para entrar na UE.

    Foto: LOUISA GOULIAMAKI/AFP/Getty Images
  12. 18/03
    Salah Abdeslam é detido em bairro de Bruxelas

    O único terrorista que sobreviveu aos ataques de Paris de 13 de Novembro de 2015 é detido no bairro de Molenbeek, no centro de Bruxelas. A detenção foi feita depois de vários meses de buscas e raides feitos naquele bairro, predominantemente habitado por cidadãos árabes.

    Foto: Carl Court/Getty Images
  13. 20/03
    Barack Obama é o primeiro Presidente dos EUA a visitar Cuba em 78 anos

    Barack Obama é recebido em Cuba por Raúl Castro, num sinal claro de aproximação entre os dois países. Em conferência de imprensa, Obama faz menção a prisioneiros políticos naquela ilha, o líder cubano rejeita essa realidade. Mais tarde, Fidel Castro escreve: "Não precisamos de que o império nos ofereça nada".

    Foto: AFP/Getty Images
  14. 22/03
    Estado Islâmico atinge Bruxelas, o coração da Europa

    Um duplo atentado terrorista em Bruxelas faz 32 vítimas e mais de 300 feridos. Primeiro, às 7h58, dois terroristas detonaram bombas no aeroporto de Zaventem. Depois, às 9h11, há uma outra explosão numa carruagem do metro que passava na estação de Maalbeek. O Estado Islâmico reclamou a autoria do atentado.

    Foto: Christopher Furlong/Getty Images
  15. 27/03
    Bombista suicida mata 72 pessoas em dia de Páscoa no Paquistão

    Um terrorista ligado aos talibãs no Paquistão matou pelo menos 72 pessoas com uma explosão num parque em Lahore, a segunda maior cidade do país. O atentado aconteceu no dia de Páscoa e muitas das vítimas eram cristãos que estavam a celebrar o dia.

    Foto: ARIF ALI/AFP/Getty Images
  16. 27/03
    Tropas do Estado Islâmico fogem de Palmyra

    Depois de quase um ano sob controlo do Estado Islâmico, a cidade histórica de Palmyra foi recapturada pelas tropas leais a Bashar Al-Assad. O contributo dos bombardeamentos russos terá sido essencial para esta vitória do exército regime sírio. À chegada, foram notados alguns estragos — mas nem tudo estava perdido.

    Foto: AFP/Getty Images
  17. 28/03
    Ativistas angolanos são condenados a penas até 8 anos e meio

    Depois de um processo e de um julgamento que foram seguidos um pouco por todo o mundo, os 15+2 foram condenados a penas de prisão entre os 2 e os 8 anos e meio, pelos crimes de rebelião e associação de malfeitores. As penas mais pesadas vão para Luaty Beirão (5 anos e meio) e Domingos da Cruz (8 anos e meio).

    Foto: PAULO JULIÃO/LUSA
  18. 3/04
    Consórcio de jornalistas divulga os Panama Papers

    O Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação divulga os Panama Papers. A origem é a Mossack Fonseca, firma de advogados sediada no Panamá e especializada em offshores. Logo ao início, há dois principais visados: Putin, que sobrevive sem um arranhão; e o primeiro-ministro da Islândia, que se demite.

    Foto: AFP/Getty Images
  19. 16/04
    Papa Francisco visita campo de refugiados na Grécia e recebe 12 requerentes de asilo no Vaticano

    O Papa Francisco visita um campo de refugiados em Lesbos, na Grécia. "Vocês não estão sozinhos", diz às centenas de pessoas no campo de Moria, onde apelou a uma resposta da comunidade internacional "mais merecedora da nossa humanidade". No final, levou consigo 12 refugiados para o Vaticano.

    Foto: FILIPPO MONTEFORTE / POOL/EPA
  20. 17/04
    Câmara dos Deputados aprova processo de impeachment contra Dilma Rousseff

    Numa sessão de quase dez horas que ficou marcada pelo modo exuberante como alguns dos 513 deputados declararam o seu voto, a Câmara dos Deputados aprovou o início do processo de impeachment da Presidente Dilma Rousseff. Ao todo, 367 votaram a favor da sua destituição — incluindo alguns dos seus ex-aliados do PMDB.

    Foto: IANO ANDRADE/EPA
  21. 11/05
    Onda de atentados mata 93 pessoas em Bagdade

    Um total de três explosões faz 93 mortos na capital do Iraque num só dia. O atentado mais destruidor mata 66 pessoas em Sadr, um subúrbio xiita de Bagdade. O Estado Islâmico reivindicou a autoria destes atentados, que disse serem dirigidos à comunidade xiita.

    Foto: AHMAD AL-RUBAYE/AFP/Getty Images)
  22. 20/05
    Exército nigeriano liberta quase 100 mulheres do Boko Haram

    Mais de um ano depois do rapto de quase 200 estudantes de uma escola em Chibok pelos terroristas do Boko Haram, o exército da Nigéria põe em liberdade 97 vítimas daquele grupo. São todas mulheres, algumas menores. Entre estas, apenas uma faz parte do grupo das raparigas de Chibok — é a segunda a ficar livre.

    Foto: PHILIP OJISUA/AFP/Getty Images
  23. 26/05
    Donald Trump ganha a nomeação do Partido Republicano

    Quando começou, Donald Trump tinha 17 adversários. Nesta altura, tem apenas dois e agora já é certo que nenhum deles vai derrotá-lo. Já perto do final, Donald Trump chega aos 1 237 delegados e acaba com as esperanças daqueles que pensavam derrotá-lo numa convenção disputada. Será mesmo ele o candidato republicano.

    Foto: Getty Images
  24. 27/05
    Rodrigo Duterte, o "castigador" é eleito Presidente das Filipinas

    Rodrigo Duterte é declarado vencedor das eleições presidenciais das Filipinas, depois de ter prometido em campanha eleitoral que ia dar às autoridades "ordem para matar" todos os traficantes de droga. Seis meses depois, o número de mortos chegaria aos 6 mil, entre traficantes e consumidores.

    Foto: Lam Yik Fei/Getty Images
  25. 27/05
    Barack Obama visita Hiroxima

    Quase 71 anos depois de os EUA terem lançado uma bomba nuclear sobre Hiroxima, Barack Obama torna-se no primeiro Presidente dos EUA a visitar o local. Numa cerimónia pública, abraça Shigeaki Mori, um dos sobreviventes do ataque de 6 de agosto de 1945.

    Foto: AFP/Getty Images
  26. 7/06
    Hillary Clinton ganha as primárias do Partido Democrata

    Depois de uma luta que poucos achavam poder ser tão renhida, Hillary Clinton vence as primárias do Partido Democrata ao chegar aos 2 383 delegados. Bernie Sanders perde e critica o "sistema" de primárias do partido, que reserva 716 votos a superdelegados, que, ao contrário dos delegados comuns, não são eleitos.

    Foto: JUSTIN LANE/EPA
  27. 12/06
    Homem mata 49 pessoas em discoteca LGBT nos EUA

    Um homem entra armado com uma metralhadora numa discoteca gay em Orlando, na Flórida, e dispara para a multidão. Com 49 mortos, foi o pior atentado em solo norte-americano desde o 11 de setembro de 2001. Estado Islâmico reivindica, mas há dúvidas quanto à autenticidade dessa informação.

    Foto: DIEGO AZUBEL/EPA
  28. 19/06
    Virginia Raggi é a primeira mulher autarca em Roma — e também a primeira do Movimento Cinco Estrelas

    Aos 38 anos, a advogada Virginia Raggi, do Movimento Cinco Estrelas, torna-se na primeira mulher a subir ao cargo de presidente da Câmara de Roma. Além desse simbolismo, há outro impossível de ignorar: será a primeira vez que o partido formado por Beppe Grillo sobe à liderança da capital italiana.

    Foto: AFP/Getty Images
  29. 23/06
    "Leave" vence o referendo do Brexit

    Na noite de 23 de junho, as projeções apontavam para a vitória do "Remain" — ou seja, a permanência do Reino Unido na UE. Mas na manhã seguinte, o Leave era dado como vencedor. Nigel Farage, do UKIP, foi um dos vencedores da noite. Quanto a derrotados, o maior foi o primeiro-ministro David Cameron, que se demitiu.

    Foto: AFP/Getty Images
  30. 26/06
    Mariano Rajoy volta a vencer eleições e volta a não ter maioria

    Depois das eleições legislativas de dezembro de 2015 terem resultado num impasse, Espanha vai a votos em junho. O resultado é praticamente igual: o PP, de Mariano Rajoy, vence mas sem maioria. Resta agora tentar fazer as coligações ou os acordos necessários para formar um novo governo.

    Foto: JOSE JORDAN/AFP/Getty Images
  31. 26/06
    Tropas iraquianas expulsam Estado Islâmico de Falluja

    Depois de uma ofensiva de 33 dias, o exército iraquiano consegue expulsar o Estado Islâmico de Fallujah, uma das maiores cidades do Iraque e que fica às portas de Bagdade. Os radicais do Daesh ocupavam Fallujah desde janeiro de 2014.

    Foto: AFP/Getty Images
  32. 28/06
    O terrorismo volta à Turquia

    Três terroristas abrem fogo e causam duas explosões no parque de estacionamento do Aeroporto de Atatürk, o maior aeroporto da Turquia, em Istambul. Ao todo, morrem 45 pessoas. São identificados dois dos terroristas, ambos com nacionalidade russa. O terceiro continua anónimo. Eram do Estado Islâmico.

    Foto: AFP/Getty Images
  33. 29/06
    Os 15+2 de Angola são libertados

    Pouco mais de um ano depois de terem sido detidos em junho de 2015, e já três meses após terem sido presos pelo crimes de "atos preparatórios de rebelião" e "associação de malfeitores", os ativistas conhecidos como 15+2 são libertados. Entre eles está o rapper luso-angolano Luaty Beirão.

    Foto: JOOST DE RAEYMAEKER/EPA
  34. 2/07
    Estado Islâmico ataca de novo, desta vez no Bangladesh

    Cinco terroristas do Estado Islâmico fazem reféns num restaurante no centro de Daca, a capital do Bangladesh, numa zona frequentada por vários estrangeiros. Ao todo matam 24 pessoas, entre elas dois polícias. Grande parte das vítimas são ocidentais e a maioria, um total de nove, são italianos.

    Foto: Mahmud Hossain Opu/Getty Images
  35. 3/07
    Iraque sofre o maior ataque terrorista da sua história em quebra de jejum do Ramadão

    Já com o sol posto, centenas de pessoas vão até ao centro comercial de Karrada, em Bagdade, para quebrar o jejum do Ramadão. São surpreendidos por uma forte explosão onde morreram 292 pessoas, entre elas várias crianças. É o pior ataque no país desde a guerra de 2003. O Estado Islâmico reivindica o atentado.

    Foto: AFP/Getty Images
  36. 13/07
    No Reino Unido, Theresa May ocupa o lugar de David Cameron

    Theresa May salta da cadeira de ministra da Administração Interna e vai para o lugar do primeiro-ministro demissionário, David Cameron. Foi escolhida pelo Partido Conservador, depois de vencer Michael Gove. Boris Johnson saltou fora — mas depois foi chamado para o ministério dos Negócios Estrangeiros.

    Foto: NIKLAS HALLE'N/AFP/Getty Images
  37. 5/07
    Diretor do FBI desaconselha caso contra Hillary Clinton por causa dos emails

    Depois de dar luz verde à investigação a Hillary Clinton pelo uso de uma conta de email privada durante o tempo em que foi Secretária de Estado, o diretor do FBI, James Comey, desaconselha a sua condenação. Donald Trump diz que "o sistema está viciado".

    Foto: Alex Wong/Getty Images
  38. 14/07
    O terrorismo volta a França

    Um terrorista de nacionalidade tunisina, e com um historial de problemas mentais, conduz um camião a alta velocidade contra uma multidão no Passeio dos Ingleses, em Nice, enquanto esta aguarda o fogo de artifício para celebrar o dia da tomada da Bastilha. Morrem 86 pessoas.

    Foto: VALERY HACHE/AFP/Getty Images
  39. 15/07
    A Turquia de Erdoğan sobrevive a tentativa de golpe de Estado

    À noite, vários militares tentam fazer um golpe de Estado em todo o país. Atacam o Palácio Presidencial e o parlamento, ambos em Ancara. Erdoğan, em parte incerta, fala para a CNN Turk em direto numa videochamada e apela às pessoas para irem para as praças. Morrem mais de 300 pessoas. Seguem-se prisões em massa.

    Foto: Burak Kara/Getty Images
  40. 21/07
    Donald Trump aceita nomeação dos republicanos para as presidenciais dos EUA...

    Depois de umas eleições primárias onde derrotou 16 rivais, Donald Trump aceita a nomeação do Partido Republicano na convenção em Cleveland. No discurso, dirige-se aos americanos que foram "esquecidos". "Eu sou a sua voz", diz-lhes, numa convenção onde faltaram figuras antigas do partido.

    Foto: MICHAEL REYNOLDS/EPA
  41. 24/07
    ... e Hillary Clinton aceita a nomeação dos democratas para as presidenciais dos EUA

    Depois de ter falhado em 2008, Hillary Clinton consegue tornar-se na escolha do Partido Democrata para as presidenciais de 8 de novembro. Bernie Sanders, o seu adversário, declara-lhe o seu apoio. A democrata centra a convenção em dois pontos: o elogio do seu currículo e a crítica de Donald Trump.

    Foto: ROBYN BECK/AFP/Getty Images
  42. 19/08
    ONU admite (internamente) culpa por surto de cólera no Haiti e ajuda com dinheiro

    Num relatório confidencial das Nações Unidas, pode ler-se que aquela organização teve responsabilidade no surto de cólera que matou mais de 10 mil pessoas no Haiti. Doença foi levada até àquele país por capacetes-azuis do Nepal, onde a cólera é endémica. ONU promete 383 milhões de euros em ajuda.

    Foto: HECTOR RETAMAL/AFP/Getty Images
  43. 20/08
    Bomba mata 50 pessoas em casamento curdo na Turquia

    Explode uma bomba num casamento de curdos na cidade de Gaziantep, perto da fronteira com a Síria. Morrem 50 pessoas — é o atentado mais grave do ano na Turquia. O Governo de Erdoğan diz que o Estado Islâmico está por trás do incidente.

    Foto: ILYAS AKENGIN/AFP/Getty Images
  44. 24/08
    Sismo em Amatrice mata quase 300 pessoas

    Um sismo de magnitude 6,2 na escala de Richter abala o centro de Itália. O epicentro é em Amatrice, uma pequena aldeia com 2600 habitantes. Ao todo, entre o sismo e as réplicas morrem quase 300 pessoas.

    Foto: Reuters
  45. 26/08
    Regime sírio reconquista Daraya, civis e rebeldes são transportados

    A cidade de Daraya, nos subúrbios de Damasco, é evacuada depois de um cerco de quatro anos imposto pelas forças do regime sírio. Segundo o plano, civis e militares rebeldes são levados em autocarros para Idlib, onde ainda mandam os rebeldes. Alguns ainda estão desaparecidos.

    Foto: YOUSSEF KARWASHAN/AFP/Getty Images
  46. 31/08
    Senado tira presidência do Brasil a Dilma Rousseff

    Acaba a telenovela do impeachment de Dilma Rousseff. Três meses depois de ceder o lugar de forma temporária a Michel Temer por ter sido suspensa, a Presidente do Brasil deixa de sê-lo graças a 61 votos a favor da sua destituição, contra apenas 20 que foram em sua defesa. Michel Temer assume a presidência.

    Foto: Igo Estrela/Getty Images
  47. 12/09
    Entra em vigor acordo de cessar-fogo na Síria

    Entra em vigor o plano do Grupo Internacional de Apoio à Síria para um cessar-fogo na guerra da Síria. O acordo é anunciado pelo secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e pelo ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov. Dia 19 de setembro, depois de vários incidentes, o acordo cai.

    Foto: Harold Cunningham/Getty Images
  48. 24/09
    Depois do Brexit, Jeremy Corbyn volta a ser eleito para liderar o Labour

    Dentro do Partido Trabalhista, o líder Jeremy Corbyn foi acusado de fazer uma campanha pouco determinada pela permanência do Reino Unido na UE. Foi desafiado por Owen Smith, mas acabou por derrotá-lo com facilidade ao conquistar 61,8% dos votos dos militantes e simpatizantes do Labour.

    Foto: Ben Pruchnie/Getty Images
  49. 28/09
    Morre Shimon Peres, fundador de Israel

    Duas semanas depois de ter sofrido um enfarte, Shimon Peres morre aos 93 anos. Era um dos últimos fundadores do estado de Israel ainda vivos e venceu o Nobel da Paz em 1994, juntamente com Yitzhak Rabin e Yasser Arafat. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, descreveu-o como "um homem de visão".

    Foto: Getty Images
  50. 7/10
    Gravação com comentários sexistas de Donald Trump é publicada

    A um mês das eleições presidenciais norte-americanas, o Washington Post publica um vídeo de 2005 onde se ouve Donald Trump a dizer que "agarra" mulheres "bonitas" pelas partes íntimas sem lhes pedir permissão. "Quando és famoso elas deixam-te", gaba-se. Desculpou-se dizendo que era "conversa de balneário".

  51. 09/10
    O debate mais agressivo da história dos EUA

    Dois dias depois do escândalo da gravação de 2005, Donald Trump e Hillary Clinton encontram-se para um segundo debate presidencial. Foi tão agressivo quanto esperado. Donald Trump chegou a ameaçar Hillary Clinton de prisão no caso de ele vir a ser Presidente.

    Foto: Win McNamee/Getty Images
  52. 13/10
    António Guterres eleito secretário-geral da ONU por aclamação

    Depois de ter vencido seis votações informais no Conselho de Segurança, António Guterres foi designado por aquele órgão para ser o próximo secretário-geral da ONU. Quando a decisão chegou às mãos da assembleia geral, o ex-primeiro-ministro português foi aprovado por aclamação.

    Foto: JUSTIN LANE/EPA
  53. 16/10
    Exército iraquiano começa a batalha de Mosul contra o Estado Islâmico

    As tropas do Iraque anunciam o início da batalha por Mosul, a segunda maior cidade daquele país, que é controlada pelo Estado Islâmico desde junho de 2014. Para dificultar o avanço do exército, os radicais daquele grupo queimam poços de petróleo.

    Foto: Carl Court/Getty Images
  54. 24/10
    "A Selva" de Calais é demolida

    O campo de refugiados e migrantes improvisado na cidade francesa de Calais, conhecido como "A Selva", é demolido pelas autoridades. Todos os que lá vivem são distribuídos por várias localidades em França. Alguns opõem-se a essa medida e pegam fogo a partes do campo para impedirem o despejo.

    Foto: Jack Taylor/Getty Images
  55. 29/10
    Quase um ano depois, Mariano Rajoy volta a formar Governo

    314 dias depois das eleições de dezembro de 2015, e depois de nova consulta popular em junho de 2016, Mariano Rajoy consegue formar Governo. Fá-lo às custas dos votos favoráveis do Ciudadanos e da abstenção do PSOE, que é essencial para a formação de um novo executivo liderado por Mariano Rajoy.

    Foto: CHEMA MOYA/EPA
  56. 26/10
    Multidão sai às ruas para a "Tomada da Venezuela"

    As ruas de Caracas ficam entupidas com centenas de milhares de manifestantes que pedem a saída de Nicolás Maduro do poder, num protesto que fica conhecido como "A Tomada de Venezuela". A oposição pede a realização de um referendo revogatório desde que ganhou controlo da assembleia em 2015.

    Foto: JUAN BARRETO/AFP/Getty Images
  57. 28/10
    FBI volta a investigar os emails de Hillary Clinton

    Depois de ter fechado o caso dos emails de Hillary Clinton, o FBI encontra uma nova pista e volta a abrir a investigação. A menos de duas semanas das eleições, a campanha da democrata entra em pânico. Hillary Clinton disse que era "muito estranho" isto ter acontecido dias antes das eleições.

    Foto: Chip Somodevilla/Getty Images
  58. 3/11
    Morrem 239 migrantes no mar Mediterrâneo

    Em apenas um dia, um total de 239 migrantes morrem afogados no mar Mediterrâneo depois de tentarem sair da Líbia em direção a Itália. 2016 é o ano em que mais pessoas morrem a tentar fazer esta travessia — no final de dezembro, eram 4 913 desaparecidos ou mortos. Em 2015, foram 3 771.

    Foto: ARIS MESSINIS/AFP/Getty Images
  59. 8/11
    Donald Trump vence as eleições presidenciais dos EUA

    Donald Trump vence as eleições dos EUA, depois de garantir os estados do Michigan, Wisconsin e Pensilvânia. Depois de uma das campanhas mais agressivas de que há memória, disse que o país tem uma dívida de "gratidão" perante a sua adversária e que tinha chegado a altura de os americanos serem "um povo unido".

    Foto: Chip Somodevilla/Getty Images
  60. Manifestações anti-Trump atravessam os EUA

    Um dia depois da vitória eleitoral de Donald Trump, algumas das maiores cidades dos EUA são palco de manifestações contra o Presidente eleito. "Não é o meu Presidente" é uma das várias frases entoadas pelos manifestantes, a grande maioria deles jovens da geração millennial.

    Foto: Spencer Platt/Getty Images
  61. 25/11
    Morre Fidel Castro

    Aos 90 anos, morre Fidel Castro, líder da revolução de 1959 em Cuba e ditador comunista naquela ilha até 2006, quando entregou o poder ao irmão, Raúl Castro. As cerimónias fúnebres tiveram convidados de todo o mundo: Nicolás Maduro, Rafael Correa, Jacob Zuma, Robert Mugabe ou o rei Juan Carlos II.

    Foto: Getty Images
  62. 27/11
    François Fillon vence as primárias à direita em França

    François Fillon consegue mais votos do que Alan Juppé na segunda volta das primárias à direita e é apontado como favorito para as presidenciais de 2017. Era o candidato mais à direita de todos. Para trás, ficou Nicolas Sarkozy. Mas para a frente é que fica o seu maior desafio: Marine Le Pen, da Frente Nacional.

    Foto: ERIC FEFERBERG/AFP/Getty Image
  63. 28/11
    Avião cai na Colômbia e acaba com o "sonho" do Chapecoense

    Um avião boliviano cai na Colômbia enquanto leva a equipa de futebol brasileira Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana. Morreram 77 pessoas, entre atletas, dirigentes e jornalistas e apenas seis sobreviveram. Ao saber da notícia, o presidente do clube disse que tinha acabado o "sonho" do Chapecoense.

    Foto: AFP/Getty Images
  64. 30/11
    OPEP chega a acordo para reduzir produção de petróleo

    Os 14 países da Organização de Países Exportadores de Petróleo chegam a acordo para uma redução da produção de petróleo. O objetivo é fazer os preços subir. Ao todo, vão ser produzidos menos 1,2 milhões de barris por dia. Em menos de um mês, o preço do barril subiu de 49,44 para 52,78 dólares.

    Foto: BP / HANDOUT/EPA
  65. 1/12
    À segunda tentativa, o acordo de paz entre a Colômbia e as FARC é aprovado

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel Santos consegue no Congresso aquilo que lhe não conseguiu em referendo: a aprovação do acordo de paz com as FARC. Fez algumas concessões aos partidários do "Não", mas os deputados do Centro Democratico, do ex-Presidente Álvaro Uribe, saíram em protesto na altura da votação.

    Foto: AFP/Getty Images
  66. 1/12
    François Hollande não se recandidata a um segundo mandato

    Com a popularidade nos 4%, François Hollande anuncia que não é candidato às presidenciais de 2017. Diz que está "consciente dos riscos" de uma campanha sua e que não quer ajudar à "dispersão da esquerda". François Hollande é o primeiro Presidente francês a não tentar ser eleito para um segundo mandato em 60 anos.

    Foto: Thierry Chesnot/Getty Images
  67. Alexander Van Der Bellen mantém extrema-direita longe da presidência

    O ecologista e europeísta Alexander Van Der Bellen vence as eleições presidenciais austríacas com 53,8%, depois de uma primeira volta em abril, uma segunda em maio e uma repetição desta já em dezembro. Atrás ficou o candidato da extrema-direita eurocética, Norbert Hofer, com 46,2%.

    Foto: Alexander Koerner/Getty Images
  68. 4/12
    Matteo Renzi demite-se depois de perder referendo

    Mais uma vez, um primeiro-ministro europeu sai de cena depois de perder um referendo. Desta vez foi Matteo Renzi, que queria reduzir o peso do Senado na Constituição. A ideia era tornar a política italiana mais estável. Os italianos disseram "Não". Beppe Grillo, que estava contra, é um dos vencedores da noite.

    Foto: (ANDREAS SOLARO/AFP/Getty Images)
  69. 9/12
    Presidente da Coreia do Sul é destituída no parlamento

    Park Geun-hye foi a primeira mulher a chegar ao cargo de Presidente da Coreia do Sul e foi também a primeira pessoa a ser destituída daquele cargo. Por trás desta decisão esteve um escândalo de corrupção, por Park Geun-hye ter alegadamente favorecido o enriquecimento ilícito de uma amiga próxima.

    Foto: STRINGER/EPA
  70. 10/12
    Atentado dirigido à polícia mata

    Em dia de jogo de futebol, há uma explosão junto ao estádio do Beşiktaş, em Istambul. Morrem 38 pesssoas, entre os quais um total de 31 polícias. O atentado foi reivindicado pelo grupo Falcões Livres Curdos (TAK, na sigla turca), considerado um braço do PKK, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

    Foto: Kursat Bayhan/Getty Images
  71. 11/12
    Bomba mata 25 pessoas numa igreja copta no Cairo

    Num domingo, durante uma missa, explode uma bomba numa igreja copta (da minoria cristã no Egipto) e mata 25 pessoas. Houve também pelo menos 45 feridos. O Presidente Sisi disse que o bombista-suicida era um homem de 22 anos. O Estado Islâmico reivindicou o ataque, que gerou alguns protestos contra o Governo.

    Foto: KHALED DESOUKI/AFP/Getty Images
  72. 19/12
    Polícia mata a tiro embaixador da Rússia em Ancara

    Enquanto o embaixador da Rússia na Turquia discursava na inauguração de uma exposição em Ancara, um polícia fardado disparou sobre ele oito vezes. O incidente ficou gravado. Depois de matar o diplomata, o atirador disse que agiu para "vingar" Alepo. O Governo de Erdoğan acusa-o de ter ligações a Fethullah Gülen.

    Foto: STRINGER/AFP/Getty Images
  73. 19/12
    Camião mata 12 pessoas em mercado de Natal em Berlim

    Num ataque inspirado naquele que aterrorizou Nice em julho, um homem acelera contra um mercado de Natal no centro de Berlim. Morrem 12 pessoas. O autor do ataque, que as autoridades julgam ser um tunisino a quem foi negado o estatuto de refugiado, foge do local e continua em fuga.

    Foto: AFP/Getty Images
  74. 22/12
    Exército sírio diz que conquistou Alepo

    Depois de ter sido tomada por vários grupos rebeldes em 2012 e de se ter tornado no maior bastião daqueles que se opuseram a Bashar Al-Assad — dos moderados aos mais extremistas — Alepo é recapturada pelas tropas do regime sírio. A ajuda da Rússia, que participou com bombardeamentos aéreos, foi essencial.

    Foto: AFP/Getty Images

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)