Dark Mode 110kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia
i

Ventozelo Hotel & Quinta, em São João da Pesqueira

Luis Ferraz

Ventozelo Hotel & Quinta, em São João da Pesqueira

Luis Ferraz

Que bem que se está no campo. Escolhemos 40 turismos rurais, de norte a sul do país /premium

Para um verão passado na tranquilidade do campo, reunimos alguns dos melhores turismos rurais do país. A viagem começa a norte e ruma ao Algarve, sem esquecer quem não consegue ficar longe do mar.

Nunca a fuga aos grandes centros urbanos e aglomerados populacionais fez tanto sentido. Num verão ensombrado pela pandemia, aos portuguesas resta fazer as malas e rumar ao campo, às velhas capitais da pacatez e da natureza. É lá que encontramos paisagens de perder a respiração, velhos ofícios e passatempos, banhos e de sol e mergulhos refrescantes mesmo que seja a dezenas de quilómetros da costa marítima.

Num país que tem dado cartas no turismo rural, chegou a hora de explorar o potencial português e descobrir os hotéis, herdades, guesthouses e casas que o interior tem para oferecer. O que fizemos foi selecionar uma ínfima parte — 40 para sermos exatos — e percorrê-los de Bragança a Tavira.

© Kimmy Simões

Bétula Studios

Bragança. A partir de 75 euros

Há menos de um ano, este projeto turístico inovador abriu portas em pleno Parque Natural de Montesinho. A oito quilómetros da cidade de Bragança, estes quatro estúdios com quarto duplo, casa de banho, uma cozinha pequena e varanda privativa quase que se fundem na paisagem e abrem o leque de lugares por explorar, dos passeios pela floresta às piscinas e lagos da região. De manhã pode não haver pequeno almoço servido à mesa, mas todos os hóspedes dos Bétula Studios recebem um cesto de boas-vindas com pão, manteiga, mel de Montesinho, compotas caseiras, leite e queijo.

Bétula Studios

©Bétula Studios

Casas Novas

Chaves. A partir de 80 euros

Este solar ao estilo barroco soma cerca de 300 anos de história. Enquadradas pela paisagem campestre e verde do extremo norte do país, as Casas Novas tem uma oferta que vai do simples quatro duplo ao requinte extra de uma suite presidencial. O spa está equipado com uma piscina aquecida, sauna, banho turco e duche vichy. À mesa, os hóspedes só têm de se deixar encantar pelos tesouros da cozinha transmontana.

Bela Vista Agroturismo & Silo Housing

Alfândega da Fé. A partir de 77 euros

A ideia de ficar instalado num silo não é, à partida, a mais apetecível de sempre, mas isso é só até conhecer estes. Bela Vista Agroturismo & Silo Housing é o projeto que transformou dois silos agrícolas em habitações modernas. O resultado são quatro quartos com vista panorâmica. Para refrescar a estadia, há ainda uma piscina biológica, um lago artificial para se ir a banhos e onde a água é tratada de forma inofensiva para o meio ambiente, com a ajuda de espécies aquáticas.

Casa das Quintas

Mogadouro. A partir de 50 euros

Não muito longe, no concelho vizinho, o planalto mirandês enche-se de vinhas, olivais e as amendoeiras. Nas Casas das Quintas, as acomodações variam consoante a tipologia escolhidas — existem três quartos duplos na casa principal, uma suite com lareira, um T1 idílico e uma grande moradia com três quartos, ideal para grupos de amigos ou famílias numerosas. À volta não falta o que fazer. Há sempre bicicletas disponíveis, passeios de burro e caiaques para descer o rio Sabor.

13 escapadinhas de norte a sul para desconfinar em sossego e privacidade

Casa Agrícola da Levada

Vila Real. A partir de 75 euros

Construída na margem do rio Corgo, esta quinta ecológica funciona como alojamento rural desde 1992, dispondo de cinco quartos e nove casas independentes. A floresta, o jardim e a horta circundam a propriedade e é desta última que saem vários dos produtos que alimentam hóspedes e anfitriões. Ocupa um total de sete hectares orientados por uma missão ecológica que já lhes valeu a certificação Green Key. Há muito que a Casa Agrícola da Levada atingiu a neutralidade carbónica — só em 2019 foram emitidas 19.332 toneladas de CO2, uma pequena porção das cerca de 80.000 que as árvores da propriedade têm capacidade para capturar durante um ano. O volume de lixo foi reduzido em 60% nos últimos cinco anos e 35% da eletricidade consumida é gerada por painéis solares.

Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo

Sabrosa. A partir de 210 euros

São 250 anos de história no ramo da produção vitivinícola e, bem mais recentemente, também no enoturismo. à vista impressionante sobre o vale do Douro (incluindo a partir da piscina) a Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo junta o conforto e o luxo de uma casa oitocentista, agora munida de 11 quartos e de um restaurante de adega que prima pelo ambiente familiar e intimista. André Carvalho assina a carta do Conceitus Winery Restaurant. Jorge Alves é o enólogo de serviço. Escusado será dizer que as provas de vinhos são o passatempo de eleição por estas bandas.

Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo

Francisco Nogueira

Casa Valxisto

Penafiel. A partir de 100 euros

É uma autêntica casa de campo com sete quartos, a meia hora da cidade do Porto. Mesmo ao lado, crescem alguns dos produtos consumidos na Casa Valxisto, entre eles abóboras, cebolas, morangos e framboesas. O terraço com piscina é o local ideal para assistir ao pôr-do-sol e talvez suspirar pelos últimos dias de férias que, como tudo o que é bom, acabam depressa.

© Kimmy Simões

Casas da Lapa

Seia. A partir de 145 euros

Depois de umas boas obras de ampliação, as Casas da Lapa, numa localidade que dá pelo nome de Lapa dos Dinheiros, já reabriram. Apresenta-se como um resort de montanha, tem 15 quartos (incluindo oito suites), spa com aromaterapia, três piscinas (uma delas interior), uma biblioteca e ainda um restaurante apostado na gastronomia regional. Esta unidade resulta da recuperação de seis casas, algumas das quais em ruínas. No interior, é privilegiado o que é típico da região, com particular incidência na utilização do burel nos revestimentos têxteis, mantas, cortinas, sofás e poltronas, e no uso de lã da serra nas carpetes.

Casas da Lapa

Divulgação

Chão do Rio

Seia. A partir de 120 euros

Tem seis pequenas casas à escolha, todas elas acabadas de sair de um conto dos irmãos Grimm. Chama-se Chão do Rio e é um destino idílico no sopé da serra. A povoação mais próxima é Travancinha, só por si um destino digno de visita, e nas imediações existem vestígios da ocupação romana da Península Ibérica. Dentro da quinta, há sempre trabalhos do campo que nunca dispensam ajuda. Numa caminhada pela natureza é possível dar de caras com algumas espécies autóctones, como é o caso de esquilos, falcões, javalis e porcos-espinhos.

Solar da Castanha

Manteigas. A partir de 70 euros

Em Manteigas, tropeçamos na pacatez que envolve o Solar da Castanha. Esta é a antiga casa de um guarda florestal, agora convertida numa unidade de turismo com todas as comodidades. As opções de alojamento são três — uma suite, um quarto duplo e um quarto quádruplo –, mas há também uma sala comum onde é servido o pequeno almoço, rico em produtos regionais.

Casa das Penhas Douradas

Manteigas. A partir de 150 euros

Nasceu há uma década, a 1.500 metros de altitude e com o dedo do arquiteto Pedro Brígida. A Casa das Penhas Douradas é o primeiro hotel da Burel Mountain Originals, que entretanto abriu também a Casa de São Lourenço, a apenas cinco quilómetros de distância. Os interiores confortáveis enaltecem o burel como material local, enquanto as grandes janelas e varandas ampliam a vista sobre uma paisagem que muda radicalmente ao longo do ano. Também o restaurante oferece uma visão panorâmica da natureza. O spa quase que se funde com a própria serra.

Casa das Penhas Douradas

Divulgação

Quinta de Seves

Covilhã. A partir de 95 euros

A piscina é o ponto de encontro entre as duas casas que compõem a Quinta de Seves. Uma sala de estar, outra de refeições e três quartos, a casa principal conserva o charme da antiga construção em pedra, mas com todas as comodidades dos nossos dias. Enquanto isso, a casa do lado está equipada com uma pequena cozinha e com quatro quartos, que podem ser alugados individualmente ou na totalidade, transformando-se assim numa villa para acolher familiares e amigos.

Cerca Design Hotel

Fundão. A partir de 85 euros

Jacuzzi, piscina, quartos acolhedores e villas privadas. É esta a oferta do Cerca Design Hotel, que ocupa a propriedade outrora conhecida por Casa dos Machados, que se mantém na família há oito gerações. Fora de portas, há duas serras para descobrir — Estrela e Gardunha –, trilhos na natureza e as Aldeias de Xisto.

© Kimmy Simões

Ventozelo Hotel & Quinta

São João da Pesqueira. A partir de 140 euros

Em pleno Alto Douro Vinhateiro, a 600 metros de altitude, o Ventozelo Hotel & Quinta estende-se por 400 hectares, dos quais metade está ocupada por vinha. A oferta vai muito além dos 29 quartos. Sob a consultadoria de Miguel Castro e Silva, a Cantina Ventozelo leva à mesa o melhor da região, com pratos de caça, carne maronesa e ingredientes de produção própria, como é o caso da beterraba, da acelga, dos figos, do tomate coração-de-boi e do azeite. As provas de vinho servem de complemento à paisagem, além do Centro Interpretativo de Ventozelo, claro, que lhe dá algum contexto.

Ventozelo Hotel & Quinta

Luis Ferraz

Quinta da Côrte

Tabuaço. A partir de 280 euros

Mais um argumento para quem ainda não se rendeu ao enoturismo. Em 2013, a Quinta da Côrte retomou a produção de vinho do Porto e abriu aos hóspedes a velha casa, entretanto recuperada pelo arquiteto Pierre Yovanovitch. Os azulejos, a pedra e as madeiras maciças predominam no interior, com especial destaque para a cozinha que conserva uma chaminé monumental. Não é de agora que o casarão dá provas de hospitalidade. A história diz que já no século XIX este era um ponto de paragem para viajantes.

Casa dos Feitais

Mangualde. A partir de 70 euros

Há muito que se fala da recuperação desta casa do século XIX. Obra do arquiteto José Lobo Almeida, a Casa dos Feitais já foi inclusive destacada na plataforma ArchDaily. O exterior rústico contrasta com o minimalismo dos interiores e as tipologias de alojamento vão do simples quarto duplo ao pequeno T1, com sala e balcão de cozinha. Não muito longe dali, o Mondego proporciona condições para a prática pesca, canoagem ou para visitar uma das praias fluviais da região. Já o rio Dão oferece outro tipo de passatempo: as termas de Alcafache.

Na praia ou no campo, seis hotéis para famílias

Casas com Estória

Santa Comba Dão. A partir de 70 euros

Três casas e uma loja foram convertidas na unidade de alojamento com mais pinta da região. Falamos das Casas com Estória, onde o principal objetivo foi proporcionar aos hóspedes o acolhimento que sentiriam nos próprios lares. A segunda missão foi não deixar apagar a memória de quem aqui viveu. Na mesma famílias há mais de dois séculos, as construções ganharam os nomes de Júlia, Dionísio, Maria, Miguel e do senhor Costa, o dono da antiga loja.

Casas com Estória

Divulgação

Luz Houses

Fátima. A partir de 130 euros

Se há destino de férias para apostar fortemente no Instagram é este. Com nove quartos e seis suites, o Luz Houses é um dos destinos de eleição para quem estacionar no centro do país durante uns dias. Receitas saudáveis, os rituais de relaxamento e o respeito pelo ambiente são os princípios da casa. Há uma piscina para refrescar os dias mais quente e centro de bem-estar dentro de uma gruta.

Quinta do Campo

Nazaré. A partir de 52 euros

Celeiros, estábulos, uma adega e um lagar esperam pelos visitantes que procurem uma alternativa às férias passadas na praia. Na mesma família há mais de 100 anos, mas com uma história que remonta ao século XII, a Quinta do Campo oferece um ambiente sóbrio e confortável, seja nos quartos quer nos apartamentos privados ideais para férias em família.

Casa d’Óbidos

Óbidos. A partir de 98 euros

Eis uma casa senhorial, decorada como manda o figurino, dos lustres no teto às borlas nos cortinados. Com o Castelo de Óbidos no horizonte (e uma piscina e um campo de ténis pelo meio), o edifício principal da Casa d’Óbidos dispõe de seis quartos, aos quais se somas quatro apartamentos privados. Dois deles são chalés recentemente recuperados.

Casa d'Óbidos

Divulgação

Areias do Seixo

Torres Vedras. A partir de 320 euros

As Areias do Seixo são um paraíso a uma hora de Lisboa e já conquistaram fama disso. Com o mar ao fundo, estes quartos e villas quase que se fundem com a paisagem, fazendo viver a crueza dos materiais naturais dentro dos próprios ambientes. No restaurante, a comida orgânica leva a melhor. As experiências extra envolvem piqueniques, aulas de yoga, pilates e tai chi, serões de cinema, jantares no lago e aventuras dentro da cozinha. Tudo isto sem sair do mesmo sítio.

© Kimmy Simões

Convento Senhora da Vitória

Castelo de Vide. A partir de 80 euros

A vista é para Marvão e para o seu núcleo urbano que remonta à Idade Média. Um pouco mais recente, o edifício do antigo convento data do século XVII, redecorado num estilo campestre contemporâneo e com uma piscina para enfrentar os dias tórridos do interior alentejano. Quanto ao alojamento, o Convento Senhora da Vitória dispõe de villas, quartos e pequenas celas, resquícios dos dormitórios do antigo convento.

Casas da Estação

Marvão. A partir de 65 euros

Não muito longe de ali ficam algumas das casas mais charmosas da região. A dois passos do castelo, as Casas da Estação têm vista para a emblemática Estação de Comboios da Beirã e estão preparadas para receber famílias que procurem explorar um Alentejo diferente. Têm piscina à disposição, perfeitamente integrada no casario tradicional. Além dos monumentos, a região tem praias fluviais e oferta de desportos na natureza.

Casas da Estação

Facebook

Casa da Moira

Avis. A partir de 132 euros

A tranquilidade respira-se no alto da muralha medieval de Avis. É lá que fica a Casa da Moira, uma residência nobre alentejana do século XVII recentemente remodelada. Há petiscos servidos ao pôr-do-sol, uma decoração que faz qualquer um sentir-se em casa e uma piscina que é a mais instagramável da região. A casa tem um total de dez quartos. Entre as atividades sugeridas estão os passeios de barco na Barragem do Maranhão, que faz parte da paisagem.

Casa da Ermida de Santa Catarina

Elvas. A partir de 100 euros

Em plena Albufeira do Caia, a Casa da Ermida de Santa Catarina dispõe de seis quartos e de uma suite para um retiro imerso em natureza. Datada do século XVI e restaurada em 2006, a ermida é o espaço central desta unidade de turismo rural. No exterior, a região é o ecossistema de várias espécies selvagens, entre elas perdizes, coelhos, lebres, patos, cegonhas, várias aves de rapina, abibes e sisões. Só tem de explorar.

Casa da Ermida de Santa Catarina

Divulgação

Monte da Lapa

Arraiolos. A partir de 254 euros

Arraiolos e a sua arte dispensam apresentações, mas esta casa de família com quatro quartos não. Em nome da habilidade de bem receber, os hóspedes têm acesso a uma sala de estar comum, a uma pequena cozinha e à piscina. Na verdade, à casa toda, já que o aluguer é feito na totalidade, o que torna esta moradia alentejana um destino perfeito para uma grande família ou para um grupo de amigos. À volta do Monte da Lapa, o cenário é de natureza praticamente intocada, com uma criação de ovinos para a produção de lã. Entre os programas possíveis estão a observação de aves, as provas de orientação e as caminhadas por trilhos naturais.

Casas de Juromenha

Alandroal. A partir de 148 euros

As Casas de Juromenha prometem um paraíso rural e as imagens não ficam aquém do que é garantido. O complexo é composto por seis casas independentes, unidas por uma piscina com vista para o rio Guadiana. No exterior, há ainda um idílico terraço, além das zonas privadas ao serviço de cada uma das pitorescas moradias. Perto de Espanha, não faltam os pretextos para explorar, incluindo a pesca nas águas do Alqueva e o avistamento de estrelas no céu noturno.

Casas da Juromenha

Divulgação

Imani Country House

Évora. A partir de 191 euros

Outrora uma movimentada propriedade agrícola, que chegou a empregar meia centena de pessoas a tempo inteiro, no início do século XX, a Quinta de Montemuro conheceu recentemente uma nova vida. Mariana Roxo e Zé Pedro Vasconcelos transformaram-na na Imani, uma casa de campo com um quarto e três suites, dois burros e um rebanho de ovelhas que pastam descontraidamente nas redondezas. A paisagem em redor mantém-se intacta e as duas piscinas providenciam o tão merecido refresco no coração do Alentejo.

© Kimmy Simões

Casas do Rio Sado

Grândola. A partir de 84 euros

A uma hora de Lisboa e quase circundada pelo Sado, esta propriedade estende-se por 270 hectares. Além das 15 suites, as Casas do Rio Sado incluem uma cozinha ao dispor dos hóspedes, uma cantina com zona ao ar livre e duas piscinas exteriores. As caminhadas, o descortiçamento e os trabalhos ligados à cultura de arroz são algumas das atividades propostas na região.

Terra do Sempre

Grândola. A partir de 120 euros

Diverso em ambientes, este espaço, a cerca de meia hora de praias tão cobiçadas como as do Carvalhal e de Melides, faz as delícias de miúdos e graúdos. As opções de alojamento incluem quartos temáticos — de Peter Pan a Romeu e Julieta –, cabanas rústicas e tendas para os adeptos de glamping. Tudo isto é fruto da imaginação de Pedro e Bárbara, um arquiteto e uma jornalista que se mudaram de armas e bagagens de Cascais para este paraíso entre o mar e a serra. Entre as experiências mais apreciadas na Terra do Sempre estão as iguarias alentejanas confecionadas por Gertrudes, a cozinheira da casa, e as noites de cinema ao ar livre.

Terra do Sempre

Divulgação

Sesmarias

Ferreira do Alentejo. A partir de 95 euros

Além das diferentes tipologias de quartos, o Sesmarias Turismo Rural & Spa dispõe de uma suite com piscina privativa e de um upgrade ainda mais luxuoso com uma banheira de hidromassagem. De uma escapadinha em família a um retiro romântico, a extensa piscina, o spa e os animais da quinta vão ajudar a proporcionar os tão desejados momentos de evasão.

Monte do Giestal

Santiago do Cacém. A partir de 140 euros

É entre sobreiros que encontramos o Monte do Giestal, um completo de dez casas (T1 e T2) com uma piscina exterior e um spa, com sauna, banho turno e sala de massagens (que também se fazem a céu aberto), a convidar ao relaxamento. Ao ar livre, não faltam as sugestões de programa — jogos tradicionais, passeios de bicicleta e piqueniques no meio do campo.

Especial escapadinhas. Devagar e bem no novo Alentejo

Xistos

Beja. A partir de 130 euros

Com uma oferta assente no conceito de agroturismo e desde 2016 com o selo internacional de sustentabilidade Green Key, a Herdade Monte da Ponte compõe um postal completo do que são umas férias no campo. Com animais a pastar e uma ribeira que atravessa a propriedade, os hóspedes são convidados a instalarem num dos cinco quartos ou no pequeno T0 desenhado para uma maior autonomia e conforto durante a estadia. A piscina é uma das áreas comuns, embora a proposta dos Xistos seja também partir à descoberta das atividades agropecuárias locais: colher plantas para licores, descobrir as diferentes espécies de cogumelos, apanhar alfarrobas e tratar e alimentar os animais.

Cabeça de Cabra

Sines. A partir de 90 euros

Eis a face mais charmosa do Alentejo, aqui a dois passos das praias da Costa Vicentina. Em Porto Covo, esta antiga escola primária virou guesthouse, em parte vocacionada para a prática de surf. Com a arquitetura do Estado Novo como pano de fundo, a Cabeça de Cabra apostou todas as fichas numa decoração descontraída o minimal, aquecida pela luz natural da planície alentejana. Há duas suites disponíveis, ambas são postais de férias garantidos.

Cabeça de Cabra

Divulgação

Casa da Seiceira

Odemira. A partir de 100 euros

Em pleno sudoeste alentejano encontramos a Casa da Seiceira, uma propriedade composta por três apartamentos T1 e quatro quartos, todos eles com acesso direto para um jardim. As piscina e o alpendre garantem os serviços mínimos estivais, ou seja, banhos e sol. O pequeno lago completa desta paisagem, mantida mesmo após a conversão da propriedade em turismo rural. Os 21 hectares atuais incluem a antiga quinta de Amália Rodrigues.

© Kimmy Simões

Oasis at Far Out Inn

Monchique. A partir de 76 euros

Menos explorado, este é o Algarve que fica no meio da serra. De portas abertas desde 2017, o Oasis at Far Out Inn é um santuário de boas práticas e com um toque de exotismo que, pelas cores e objetos, chega a fazer lembrar outras paragens. Quem já passou por lá elogia a hospitalidade. Os anfitriões destacam a interdição de plásticos não reutilizáveis e a utilização de ingredientes locais. A casa é composta por jardim, piscina e terraço e inclui ainda uma sauna.

Monte da Vilarinha

Aljezur. A partir de 117 euros

Um estúdio com terraço ou uma suite com vista sobre a montanha? Provavelmente, esta será a única decisão importante que terá de tomar antes de aproveitar umas férias no Monte da Vilarinha, longe do massificado litoral algarvio. Há quatro casos à disposição e uma mão cheia de atividades que vai das aulas de surf e dos passeios de bicicleta ao yoga e às massagens.

Capela das Artes

Silves. A partir de 65 euros

Outrora Solar Quinta da Cruz, residência de uma rica família algarvia, os Marcarenhas Neto, esta edificação totalmente restaurada é hoje considerada monumento de interesse público e dá pelo nome de Capela das Artes. Munido de piscina exterior e alpendre, o espaço está decorado à moda antiga, mas com alguns elementos mediterrânicos. A cereja no topo do bolo é mesmo a capela privada, erigida no final do século XVIII por Dom Francisco Gomes Avelar, bispo do Algarve.

Companhia das Culturas

Castro Marim. A partir de 110 euros

Na dianteira do ecoturismo em Portugal, a Companhia das Culturas abriu portas há 12 anos para mostrar que o Algarve é muito mais do que diversão à beira mar. Numa propriedade de 40 hectares, onde se colhem figos, laranjas, azeitonas e alfarrobas, nasceu um complexo de quartos, suites, apartamentos, um restaurante, uma biblioteca e um espaço para banhos turcos, projetado pelo arquiteto Pedro Ressano Garcia. A tranquilidade do campo mistura-se com a simplicidade dos interiores. O pequeno-almoço é consensualmente delicioso, composto por produtos locais, do sumo de laranja natural ao queijo de ovelha e aos ovos com espargos bravos.

Companhia das Culturas

Francisco Nogueira

Fazenda Nova

Tavira. A partir de 250 euros

Por fora, esta casa de campo está envolvida em natureza quase intacta. Por dentro, as comodidades são de luxo. A oferta da Fazenda Nova vai das suites localizadas no sótão aos apartamentos com jardim próprio, onde a modernidade surge enquadrada num ambiente rústico. Não faltam oportunidades para participar nas atividades do campo — há uma horta para cuidar, um pomar e jardins de ervas aromáticas.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.