A livraria Lello é, talvez, um das atrações culturais mais visitadas da cidade do Porto. Sobretudo por causa do mito de que a a autora dos livros do Harry Potter, J. K. Rowling, se terá inspirado na arquitetura interior daquela livraria para criar o mundo de Hogwarts — algo que a própria já veio desmentir. Desta vez, surgiu uma publicação de Facebook, de dia 6 de julho, que partilha fotografia da livraria. Problema? As escadarias não são da Lello. Trata-se, por isso, de uma publicação falsa.

Publicação viral alega que fotografia pertence à livraria Lello no Porto.

Logo nos comentários, vários internautas desmentiram a publicação de uma página dedicadas a maravilhas em solo português: afinal, a imagem pertence ao interior da Opera Garnier, sediada em Paris e construída no século XVII. Ora, utilizando a ferramenta de identificação de imagens, Google Images, percebe-se que, de facto, esses internautas tinham razão. A fotografia pode ser encontrada em vários sites. Nenhum deles faz referência à livraria Lello.

Ao visitar o site da livraria, também não é possível encontrar nenhuma imagem semelhante à da publicação original.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Conclusão

Não é verdade que uma fotografia partilhada numa página de Facebook turística seja da livraria Lello no Porto. Basta uma pesquisa na ferramenta de identificação de imagens Google Images para se perceber que a fotografia pertence, na verdade, à Opera Garnier, sediada em Paris.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge