Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Dizemos que a vida é feita de escolhas. E essas escolhas são impactadas pelo tempo. Pelo passado, presente e futuro. Numa era de grande transformação, porventura a variável mais relevante da mesma é o seu ritmo e aceleração.

Comecemos pelas crianças e jovens. Segundo alguns estudos publicados na última edição da revista Courier, “os adolescentes conseguem concentrar-se durante 8 segundos e têm 5 ecrãs abertos em simultâneo”. Tal comportamento está relacionado com o FOMO (ou Fear of Missing Out) que designa o receio de perder algo que está a acontecer no momento presente. E esse sentimento não é exclusivo aos mais jovens. Segundo um artigo da Boston Magazine, já em 2014, 70% dos adultos em países desenvolvidos sentiam FOMO.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.