Redes Sociais

Todos os gatos do mundo, num só mapa interativo

240

Um projeto de um programador da Universidade da Florida permite localizar e mapear gatos por todo o mundo através de "tags" deixadas nas redes sociais. O mapa é digital e interativo.

1 milhão de gatos já foram "mapeados"

WPA Pool

Já alguma vez pensou que alguém teria a ideia de localizar todos os gatos do mundo num mapa digital? Se não pensou que tal fosse possível Owen Mundy, um artista, designer e programador da Universidade da Florida, nos Estados Unidos, criou um projeto chamado “I Know Where Your Cat Lives”, em tradução livre “Eu sei Onde Mora o Seu Gato”, que localiza num mapa digital gatos de todo o mundo.

Numa tarefa de proporções gigantescas, Mundy já registou no mapa interativo cerca de 1 milhão de gatos.

Dito isto, como é que este projeto funciona?

O programador observa e guarda todas as pistas deixadas nas redes sociais por donos ou apreciadores de gatos, de forma a conseguir localizá-los um mapa. Estas pistas não são nada mais do que “tags” com a palavra “cat”, ou gato, em fotografias deixadas no Instagram, Facebook ou até mesmo Twitter. A “tag” é a chave do projeto, pois é através destas que os detentores ou admiradores de gatos conectam ou partilham as suas fotografias.

Desta forma, Mundy começou a criar um álbum, que pretende ser infinito, de felinos por todos os cantos do mundo. De seguida, com um supercomputador sedeado na Universidade da Florida, os dados são organizados e os gatos são localizados através das coordenadas geográficas detetáveis nas fotografias partilhadas.

No entanto, como noticiou a The Altantic, o intuito primordial do projeto não era mapear os gatos, mas sim revelar o grau de informação que cada um expõe nas redes sociais. Ao colocarmos uma fotografia dos nossos animais de estimação, com a “tag” indicada, estamos não só a mostrar a localização do animal, mas também a nossa.

Assim sendo,”Eu Sei Onde o Seu Gato Vive” quer, na realidade, dizer ‘eu sei onde você vive’.

Owen Mundy anota que o site apenas coloca no mapa os gatos que os donos permitiram que a localização fosse detetada na fotografia.

 

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Sociedade

Um raríssimo Portugal

Paulo de Almeida Sande

Somos o povo acomodado, que exprime a angústia latente da bondade resignada, convencido de estar destinado à subalternidade, um povo submisso, que emula o estrangeiro e desdenha o nacional. 

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site