YouTube

Google apresenta a Youtube TV

Esta quarta-feira a Google apresentou o serviço virtual de TV por cabo com uma subscrição mensal. A Youtube TV dá acesso a canais por cabo, séries e transmissões em direto.

Autor
  • Miguel Videira Rodrigues

A Google apresentou o YouTube TV, um serviço de televisão virtual por cabo que, por 35 dólares por mês, dá acesso a séries, canais de televisão por cabo e transmissões em direto. O principal objetivo da plataforma é que o conteúdo seja visto, maioritariamente, através dos dispositivos móveis. Inicialmente só estará disponível nos EUA. Foi apresentado num evento na Califórnia, esta quarta-feira.

Segundo os responsáveis pelo YouTube, as pessoas mais novas (millenials) gostariam de ver televisão no mesmo local a que acedem a quase todos os restantes conteúdos. A empresa pretendeu assim criar uma experiência que “funcione no smartphone tão bem como num computador” ou outros dispositivos mais capazes.

Lista de canais incluídos no serviço

Incluído no serviço YouTube TV está ainda o Cloud DVR que, de uma forma simples, serve para substituir a funcionalidade de gravação presente nas boxes de serviços televisivos através de uma plataforma online, resolvendo assim os problemas de limitação de espaço disponível. Para usufruir do serviço, os utilizadores precisam de estar ligados à Internet.

O serviço de atendimento ao cliente também é uma das preocupações em que o YouTube se focou para combater o fraco serviço oferecido, em geral, pelas restantes empresas de serviços televisivos. O utilizador poderá entrar em contacto com o serviço de apoio ao cliente através de email, chamada ou através da funcionalidade de chat incluída na aplicação.

A aplicação está dividida em três secções: Library, Home e Live. Sendo que, a primeira, permite navegar pelos conteúdos preferidos e pelas gravações do utilizador; a segunda funciona como um feed normal, como o do YouTube, onde aparecem sugestões de programas que possa gostar; a terceira serve para ir navegando pelos programas que estão a dar no momento.

Uma única subscrição do serviço incluí seis contas de utilizador, para que toda a família possa usufruir do serviço no próprio dispositivo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site