Chama-se Jason Fyk, tem 40 anos, e é o fundador da WTK Magazine e do site FunnierPics.net. Há três anos estava falido e na prisão. Usou a rede social Facebook para criar um negócio que rende cerca de 275 mil dólares por mês. Uma reportagem publicada no Bussiness Insider conta em pormenor como Jason Fyk deu a volta por cima através da rede social mais famosa do mundo. Fyk estava ligado ao setor imobiliário e, em 2005, quando o mercado foi abaixo, começou a ter problemas financeiros.

Casado e com filhos teve de arranjar forma de sustentar a família. Seguiu o conselho de alguns amigos e, em 2011, lançou o site WTFMaganize, uma página com conteúdos “divertidos, patetas e coisas estúpidas”, contou ao Bussiness Insider.

Mas, logo após o lançamento do site, foi parar à prisão. Segundo contou, Jason Fyk foi a Baltimore fazer uma entrevista e, quando estava no parque de estacionamento, começou uma rixa entre bêbados. No início, diz ele, pegou no telemóvel e começou a filmar, mas quando as coisas ficaram sérias, parou de filmar e tentou separar os homens que estavam a lutar.

Acabou por ser acusado de ser o instigador da rixa e foi acusado de tentativa de homicídio. Foi preso, mas as acusações foram retiradas dois meses depois. Gastou o dinheiro que lhe restava em advogados e precisava de arranjar uma forma de ter rendimento rapidamente. Ainda pensou em lançar um livro com a sua história, mas precisava de dinheiro com urgência. Então, explicou, “o único recurso que tinha eram as redes sociais, que eram de graça”.

Agora, tem cerca de 40 páginas no Facebook e controla, no total, mais de 28 milhões de likes. As suas páginas conseguem chegar a 260 milhões de pessoas, o que lhe garante receitas de publicidade. Dá trabalho a 16 pessoas e contratou um “escritor-fantasma” para escrever a um livro de memórias. Depois de falido e de ter passado pela prisão, Jason Fyk anda de Ferrari.