Mara Dionísio

Jornalista

Desde cedo soube qual seria a missão da minha vida: contar, mas sobretudo ouvir boas histórias, daquelas que nos enchem a alma e nos dão vida, ou outras vidas. E nos abrem perspectivas, horizontes, nos obrigam a pensar, a questionar e a pedir contas. Observar o mundo e obrigá-lo a observar-se a si próprio. É um caminho que se faz caminhando. Venham daí e juntem-se a nós nesta caminhada.

A página está a demorar muito tempo.