Economia

BRICS lançam novo banco de desenvolvimento

Cimeira entre Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul criará uma entidade que vai financiar projetos em países emergentes.

Dilma Rousseff será anfitriã da cimeira dos BRICS

AFP/Getty Images

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

A próxima cimeira do grupo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), no Brasil, pretende lançar oficialmente um novo banco de desenvolvimento, nos mesmos moldes do Banco Mundial, para financiar projetos em países em desenvolvimento. “O Banco do BRICS é um espelho do Banco Mundial, que às vezes pode não ter reservas suficientes ou não dar a necessária prioridade ou urgências que confere a outros projetos, e então o banco BRICS oferecerá uma posição alternativa”, avançou o embaixador brasileiro José Alfredo Graça Lima.

O novo banco será constituído por um capital total de 50 mil milhões de dólares (36,7 mil milhões de euros), destinados a financiar projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável aos membros do grupo BRICS ou a outros países em desenvolvimento. Cada um dos cinco membros contribuirá com dez mil milhões de dólares (7,3 mil milhões de euros) para o fundo, garantido igualdade de peso nas tomadas de decisões.

“O acordo constitutivo do banco já está praticamente sacramentado, o que está pendente ainda é onde será sua sede, sendo que já foi amplamente divulgado que Xangai é uma das opções que estariam um pouco mais à frente das demais”,revelou Graça Lima. Ainda segundo o embaixador brasileiro, na reunião de ministros, no dia 14 de julho, que precede a cimeira de chefes de Estados, outros “detalhes” políticos ainda pendentes deverão ser fechados, entre eles a quem caberá a primeira e segunda presidência (rotativa) da nova entidade, bem como a composição do conselho de administração.

“Não antecipo nenhuma dificuldade que não possa ser superada. Tanto o banco quanto o acordo já têm textos quase que perfeitamente acabados, e a criação das duas instituições são resultados plenamente esperados para Fortaleza”, concluiu. A próxima cimeira do grupo BRICS ocorrerá entre 15 e 16 de julho, respectivamente em Fortaleza, capital do estado do Ceará, no nordeste do Brasil, e na capital, Brasília.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e da Índia, Jacob Zuma, deverão chegar ao Brasil a tempo de assistir à final do Mundial de futebol, que se disputa domingo no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Tanto o presidente chinês, Xi Jinping, como o indiano, Narendra Modi, deverão chegar diretamente para a cimeira.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)