Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O penálti marcado por James Rodríguez, jogador colombiano, no jogo dos quartos de final contra o Brasil, a 4 de julho, correu o mundo e fez vibrar as redes sociais. A razão não foi tanto a qualidade do remate, que não chegou para dar a vitória à Colômbia, mas o facto de o jogador ter marcado o golo e comemorado com um gafanhoto gigante preso à camisola.

Apesar das imagens divulgadas, havia dúvidas se o gafanhoto gigante no braço do atleta seria uma montagem. “É absolutamente possível que [este] animal apareça no estádio, pois a espécie ocorre nas regiões de mata do Ceará [estado onde se realizou o jogo]”, explicou ao Observador Fernando Domenico, investigador no Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. “Esta espécie de gafanhoto tem uma capacidade de voo bastante grande.”

Tropidacris_collaris_MHNT_Didier Descouens

Em voo é possível ver o segundo par de asas azul – Didier Descouens/Museu História Natural de Toulouse/Wikimedia Commons

O Tropidacris collaris, é uma das maiores espécies de gafanhoto do mundo, podendo chegar aos 15 centímetros de comprimento e 24 centímetros de envergadura de asas. “Ocorre por quase toda a América do Sul, em toda a região a leste dos Andes. Já foram reportados vários casos desta espécie atacando cultivos, como coqueiros, cana-de-açúcar, arroz e várias plantas frutíferas”, refere o investigador.

Apesar do tamanho impressionante o gafanhoto gigante de James Rodríguez está longe dos recordes do mundo dos insectos. A página do Real Monstrosities apresenta alguns dos maiores insetos do planeta.

Phobaeticus_chani_Bragg,_2008;_Holotype_Female_dorsal_view_ P.E. Bragg

Esta espécie do Bornéu tem mais de meio metro de comprimento – P.E. Bragg/Wikimedia Commons

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O mais comprido

O bicho-pau Phobaeticus chani é a espécie de inseto mais comprida do mundo. O indivíduo mais longo foi encontrado no Bornéu, uma das ilhas do arquipélago da Indonésio. Mede no total 56,7 centímetros, dos quais 35,7, fazendo dele não só o inseto mais comprido como aquele que tem o corpo mais longo.

O mais pesado

Aqui o autor do texto, no Real Monstrosities, fica indeciso. Por um lado refere o grilo gigante da Nova Zelândia (Deinacrida heteracantha) que tem por norma 35 gramas, mas que pode chegar ao dobro desse peso quando a fêmea carrega os ovos, ficando mais pesado do que um pardal.

Por outro, cinco espécies de escaravelhos que também têm normalmente 35 gramas, como o besouro-golias (Goliathus goliatus). Também a larva deste besouro é gigantesca: mede 10 centímetros e pode chegar aos 115 gramas.

Thysania_agrippina_0001b_L.D_Acrocynus

A mariposa-imperador tem a maior distância entre a ponta das asas – Acrocynus/Wikimedia Commons

A maior envergadura

Com cerca de 30 centímetros de uma ponta à outra das asas, a mariposa-imperador (Thysania agrippina) é o inseto com maior envergadura. Conseguia tapar-lhe a cara se pousasse no seu nariz.

Nada que impressione tanto como libélula Meganeura monyi, com 75 centímetros de envergadura – o maior inseto voador de sempre. Mas esta já viveu há 300 milhões de anos, quando os insetos dominavam o planeta, antes do aparecimento dos dinossauros.