Um dos três banhistas resgatados esta sexta-feira no mar de uma praia não vigiada em São Pedro de Moel, concelho da Marinha Grande, morreu no Hospital de Santo André, em Leiria, informou a unidade de saúde. Segundo fonte do Centro Hospitalar de Leiria-Pombal, de que faz parte o hospital de Leiria, a vítima deu entrada pelas 13 horas e foi enviada para a sala de emergência com prognóstico muito reservado, onde acabaria por morrer.

Trata-se de um homem de 41 anos que tinha dado entrada no hospital, em estado grave, em paragem cardiorrespiratória e que foi acompanhado pelo suporte avançado de vida da viatura médica de emergência e reanimação do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o hospital de Santo André.

Para o hospital de Leiria foram, também, uma mulher, assim como um homem de 33 anos, que tinha se atirado ao mar em auxílio daquela. Ambos apresentavam sinais de hipotermia.

O comandante da Polícia Marítima, Lourenço Gorricha, adiantou que as vítimas “foram resgatadas junto ao farol do Penedo da Saudade, na praia da Concha, uma praia não vigiada”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O alerta para a ocorrência foi feito às 11h43, tendo acorrido ao local os Bombeiros Voluntários da Marinha Grande, Instituto de Socorros a Náufragos, Polícia Marítima, Proteção Civil da Marinha Grande e o INEM.

“Foi ainda acionada a estação de salva-vidas, mas os meios acabaram por regressar à origem por não serem necessários”, referiu Lourenço Gorricha.