O principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, seguia hoje a subir 0,28%, com as ações da Portugal Telecom (PT) e do Banco Comercial Português (BCP) a seguirem com ganhos acentuados e a puxarem pelas negociações.

Pelas 08h50, o PSI20 seguia a avançar 0,28% para 5.959,42 pontos, com 15 empresas a transacionarem em terreno positivo, uma inalterada (Impresa) e duas negativas.

A Teixeira Duarte e a PT eram as empresas que mais subiam, com ganhos de 4,47% e 1,82% para 0,94 e 1,62 euros, seguidas do peso pesado BCP, que avançava 1,64% para 0,11 euros.

Na restante banca, o BPI seguia a avançar 1,37% para 1,48 euros, enquanto o Banif subia 1,14% para 0,01 euros.

Do lado das perdas, os CTT e a NOS eram as únicas empresas em terreno negativo, ambas a perderem 0,18% para 4,43 e 7,81 euros.

Lisboa seguia a acompanhar o sentimento das principais bolsas europeias, com os investidores a centrarem as suas atenções esta semana nas decisões monetárias do Banco Central Europeu (BCE), Banco de Inglaterra e Banco do Japão.

Cerca das 08h30 em Lisboa, o Eurostoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, seguia a subir 0,15% para 3.177,07 pontos.

Os investidores aguardam pelos anúncios que poderá fazer o presidente do BCE, Mario Draghi, na quinta-feira, com as agências internacionais a sublinharem que a entidade já se mostrou disponível para aplicar novos estímulos monetários na zona euro, como a compra de dívida pública para combater a baixa inflação e estimular o crédito na região.

Estarão também atentos aos desenvolvimentos da situação política na Ucrânia.

O euro seguia a negociar em baixa no mercado de divisas de Frankfurt e trocava-se a 1,3128 dólares, enquanto o barril de crude Brent para entrega em outubro abriu em alta no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar nos 103,25 dólares, mais 0,06% face ao fecho de sexta-feira.