João Costa Pinto é o novo presidente do conselho de auditoria do Banco de Portugal, conforme despacho da ministra das Finanças publicado esta sexta-feira em Diário da República. O antigo presidente da Caixa Agrícola assume o cargo até agora ocupado por Rui Vilar, que passou para vogal do conselho consultivo.

A resolução do Conselho de Ministros que nomeou João Costa Pinto para liderar este organismo entrou em vigor no dia 1 de outubro. O mandato terá a duração de três anos, renováveis.

Costa Pinto deixou a presidência do Grupo Caixa Agrícola em 2013. É licenciado pela Faculdade de Economia do Porto, foi professor em várias faculdades e já foi diretor do departamento de estrangeiro e vice-governador do Banco de Portugal. Assume um cargo detido até recentemente por Rui Vilar, que saiu para a presidência da REN e que foi nomeado no final de setembro, pelo conselho de ministros, para o cargo de vogal do conselho consultivo do Banco de Portugal.

Será acompanhado por António Gonçalves Monteiro, o novo revisor oficial de contas do Banco de Portugal, e por Ana Paula de Sousa Freitas Madureira Serra, que passa a vogal do conselho de auditoria.

A este organismo compete, entre outras funções, acompanhar o funcionamento do Banco e o cumprimento das leis e regulamentos que lhe são aplicáveis e emitir parecer acerca do orçamento, do balanço e das contas anuais.