Douglas Carswell é o primeiro membro do Partido da Independência do Reino Unido (UKIP) a sentar-se no parlamento inglês. O The Guardian escreve que a eleição do ex-membro do Partido Conservador causou um “mini terramoto” político. Carswell venceu as eleições no círculo de Clacton com 21.113 votos, 59,66% do total, mais 8.709 votos do que o conservador Giles Watling.

John Bickley, também candidato pelo UKIP no círculo de  Heywood e Middleton, esteve perto de ser o segundo membro do partido a sentar-se na Câmara dos Comuns. Quem venceu a eleição foi Liz McInnes, do Partido Trabalhista, mas a diferença entre os dois candidatos foi de apenas 600 votos, diz o The Independent. Tratava-se de um lugar tido por seguro pelos trabalhistas, pelo que o susto foi grande.

Nigel Farage, líder do UKIP, partido conhecido por ser eurocético e anti-imigração, disse, na sexta-feira, que lidera agora aquele que é o único e verdadeiro partido nacional. Acrescentou também que, com Carswell a seu lado, o UKIP também deixará de ser visto como “um partido de um homem só”.

“A ideia de que somos o partido Tory no exílio é um mito que morreu esta noite. Somos um partido diferente, que representa toda a Grã-Bretanha e todos os britânicos, ex-eleitores do Partido Trabalhista desiludidos, que desistiram de votar, e eleitores do Partido Conservador. Isto é algo novo. Isto é algo de diferente”, disse Douglas Carswell.

O primeiro deputado UKIP da Câmara dos Comuns era antes um dos mais respeitados e promissores do Partido Conservador, mas a 28 de agosto saiu do partido e juntou-se a Nigel Farage. Foi nessa altura que anunciou a intenção de se submeter a uma eleição intercalar antecipada no círculo de Clacton, na costa leste do Reino Unido. Objetivo: que os eleitores se pudessem pronunciar democraticamente sobre a sua decisão. Os eleitores decidiram que Carswell, que era considerado um dos deputados conservadores mais liberais, deveria ser reeleito.

Nos círculos de Heywood e Middleton, o Partido Trabalhista elegeu Liz McInnes na sucessão a Jim Dobbin, que faleceu este ano.