As barras de Esposende e São Martinho do Porto estão hoje fechadas a toda a navegação devido à agitação marítima, de acordo com a informação disponibilizada na página da Marinha Portuguesa na Internet.

Segundo a informação da Marinha, estão também condicionadas as barras da Póvoa do Varzim, de Vila do Conde, de Aveiro e da Figueira da Foz.

A barra da Póvoa do Varzim está fechada a embarcações com calado superior a dois metros, enquanto a de Vila do Conde está interdita a embarcações de comprimento até 12 metros e/ou calado inferior a dois metros.

Aveiro está condicionada a embarcações de comprimento inferior a 15 metros e a barra da Figueira da Foz a embarcações inferiores a 11 metros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Para hoje, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê períodos de céu muito nublado na região norte, devendo o céu apresentar-se muito nublado até meio da manhã. Estão ainda previstos aguaceiros, que vão diminuindo de intensidade e frequência a partir do início da manhã.

O vento soprará fraco a moderado (10 a 30 km/h) do quadrante oeste, soprando moderado a forte (30 a 40 km/h) nas terras altas até meio da manhã.

Para as regiões do centro e sul, o IPMA espera céu geralmente muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde na região centro e no Alto Alentejo.

Estão previstos períodos de chuva, passando gradualmente a regime de aguaceiros fracos e pouco frequentes a partir do meio da manhã. O vento soprará fraco a moderado (10 a 25 km/h) de sudoeste, passando para moderado a forte (30 a 40 km/h) nas terras altas até meio da manhã e rodando gradualmente para noroeste.

Segundo o IPMA, as temperaturas mínimas podem observar uma subida. Quanto às máximas vão rondar os 21 graus celsius em Faro, a cidade mais quente do país, 20 em Sagres, 19 em Beja, Santa Cruz e Angra do Heroísmo, 18 em Lisboa, Évora, Sines e Leiria.

No centro e norte são esperados 17 graus de máxima em Coimbra, Porto e Braga, 16 em Portalegre e Castelo Branco, 12 em Bragança e 10 na Guarda.