Pablo Iglesias foi eleito secretário-geral de Podemos por uma ampla maioria de votantes — 95.311 votos — da Assembleia Cidadã do partido espanhol, que deu também apoio maioritário aos membros da equipa para formar nova direção daquela força política.

Na votação online, que decorreu entre segunda-feira e a meia-noite de sexta-feira, participaram 107.488 dos cerca de 250 mil inscritos na assembleia, segundo os dados hoje divulgados.

Pablo Iglesias conquistou 88% dos apoios do total de votantes, a larga distância dos outros 60 candidatos que se candidataram à secretaria-geral, já que aquele que mais se aproximou obteve 955 votos.

Mesmo assim, os integrantes da sua equipa designada “Claro que Podemos” foram também os 62 candidatos mais votados pelas bases da Assembleia Cidadã e, desde hoje, juntamente com Pablo Iglesias, formam parte do Conselho Cidadão, órgão máximo da direção do partido, que tomará decisões como a formação de programas eleitorais ou pactos com outras formações políticas.