A agência de notação financeira Moody’s reduziu na sexta-feira em um nível a nota atribuída à dívida da Federação Russa, para Baa3, justificando a decisão com a atual descida dos preços do petróleo.

“A importante queda dos preços do petróleo e o choque das taxas de câmbio vão minar ainda mais as perspetivas de crescimento do país, que já são sombrias”, escreveu a Moody’s em comunicado, acrescentando que já estava a perspetivar uma nova redução da notação russa.