A chanceler alemã Angela Merkel afirmou esta quarta-feira que os responsáveis políticos gregos se devem focar em terminar o segundo programa de assistência à Grécia, depois de o ministro espanhol da Economia Luis de Guindos ter afirmado que estavam a decorrer negociações para um terceiro pacote financeiro. “As nossas mãos estão ocupadas” com o segundo pacote, afirmou a chanceler alemã.

As declarações foram proferidas após uma reunião em Bruxelas com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker. Um responsável que, após o encontro, defendeu que falar num terceiro programa para a Grécia é “prematuro”, avança o El País. Jean-Claude Juncker e Angela Merkel concordaram que as atenções estão, neste momento, no segundo pacote.

“O Parlamento alemão acaba de autorizar por maioria uma extensão do programa. Agora há que aplicá-lo”, refere Merkel. Recorde-se que o ministro espanhol Luis de Guindos afirmou na segunda-feira que o terceiro programa grego iria custar “entre 30 e 50 mil milhões de euros” e que Espanha iria garantir entre 13 e 14% daquele valor.