O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas vai votar hoje um projeto de resolução que visa aplicar sanções ao chefe das milícias xiitas Houthis e ao filho do ex-Presidente iemenita, Ali Abdallah Saleh, informaram diplomatas.

Segundo este projeto, o Conselho de Segurança vai impor também aos Houthis e aos seus aliados um embargo de armas e intimá-los a cessarem as hostilidades e a abandonarem o poder “imediatamente e sem condições”.

Saídos em setembro de 2014 da sua base, em Saada, no norte, os Houthis, ligados ao Irão, ganharam em poucos meses o controlo de Sanaa, de regiões do centro e do oeste, bem como de partes do sul do Iémen.