Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia, diz em entrevista ao site politico.eu que todos os cenários são admitidos, mas que não há qualquer hipótese de a Grécia sair do Euro: “excluo a cem por cento o Grexit”. Juncker recusou especular sobre cenários catastróficos mas não deixou de acusar o governo do Syriza de sonegar informação aos parceiros europeus. “Precisamos de clareza e não a temos. Já perdi a paciência. Agora voltei a tê-la e não a quero perder outra vez.” E continuou: “os gregos não estão a colaborar como deviam porque a nossa equipa em Atenas não tem acesso aos ministérios, e isso é não só caricato mas também inevitável.”

Na entrevista o presidente da Comissão também abordou as discussões comerciais entre os Estados Unidos e a Europa, reconhecendo que será difícil chegar a um acordo até final do ano. E terminou reclamando contra a utilização das redes sociais para aferir o estado da opinião pública: “Tenho as redes sociais em conta mas não as sobrestimo, porque não considero que quem as alimenta seja representativo da opinião pública.”

O site politico.eu nasceu hoje como expansão do site politico.com, prometendo tratar a política e as políticas da União Europeia de modo integrado para informar os cidadãos do continente.