Restaurantes

É uma cafetaria? Um restaurante? Não, é o COOK It

508

Parece, à primeira vista, uma cafetaria de aspeto mais cuidado que as da vizinhança. Mas o COOK It é muito mais que isso. Conheça este espaço multifacetado que nasce de uma inspiração selada a vácuo.

Autor
  • Tiago Pais

A razão que levou Francisco Ferreira e os seus três sócios a abrir o COOK It não se encontra em nenhuma das salas do espaço, ambas bem cuidadas e decoradas. Também não está, para já, nos menus que os clientes podem consultar e ainda não foi anunciada nas redes sociais. E porquê tanto suspense? “As refeições seladas a vácuo e congeladas só vão estar disponíveis a partir da primeira semana de junho”, revela o responsável por este espaço multifacetado, aberto há um par de semanas entre a Estefânia e a Almirante Reis, em Lisboa.

Refeições seladas a vácuo e congeladas?

Nem mais. O COOK It existe primordialmente enquanto espaço de venda desse tipo de produto. São refeições pré-confecionadas fechadas a vácuo e colocadas num abatedor de temperatura capaz de as ultracongelar quase instantaneamente. Quando estiverem à disposição dos clientes, bastará que estes as coloquem três a cinco minutos em banho-maria para que fiquem prontas a consumir. E nem será preciso empratá-las, já que são embaladas com o formato correto para aplicar no prato. Sempre, garantem os responsáveis, sem qualquer perda de propriedade.

“Não abrimos o espaço a pensar no restaurante, mas tivemos a hipótese de avançar antes das refeições para levar, que ainda estão num período de testes”, explica Francisco. Assim, a sala principal do COOK It vai funcionando como uma espécie de showroom das receitas que ainda estão a ser afinadas pela equipa. Entre as que já foram testadas — aos almoços, em que há sempre um prato de peixe e outro de carne para escolher — contam-se, por exemplo, lasanha de frango, salmão em crosta de amêndoa ou arroz de pato.

CookIt470

Lombinhos com amêijoas e arroz de ervilhas, um dos pratos dos últimos dias (foto: Tiago Pais / Observador©)

Além da venda deste tipo de pratos preparados, no COOK It vai ser ainda possível comprar refeições rápidas, naquilo a que chamam “lunch in a box”. Serão dois ou três menus completos, que incluem, por exemplo, uma sanduíche de cozido à portuguesa, ou um hambúrguer de alheira, também selados, tal como o copo de vinho e a sobremesa. “Achamos que é uma boa alternativa para turistas que, por exemplo, visitam a cidade de tuk tuk e não querem perder tempo a fazer uma refeição completa. Ou para quem quiser fazer um piquenique, por exemplo”, diz Francisco.

Outra vertente que também será apresentada em breve é a que designam de “chef por um dia”. Eis a explicação do responsável.

Imagine que tem um jantar em casa mas que não tem tempo para ir às compras, nem sabe muito bem como fazer o prato. O cliente diz-nos o que quer fazer, nós compramos tudo nos mercados locais, para ajudar o comércio de bairro, e entregamos uma caixa com os ingredientes, a ficha técnica do prato, a receita para seguir e até uma foto do empratamento. Assim até se podem juntar os convidados na cozinha e preparar a receita em conjunto.

Estas vertentes do COOK It derivam da paixão de Francisco Ferreira e dos seus sócios pela cozinha. “Em casa tenho uma cozinha maior que algumas salas e acaba por ser lá que muitas vezes ficamos a conversar, a beber um copo e a picar qualquer coisa”, conta Francisco, que quis dar ao seu espaço esse ambiente caseiro, que convide as pessoas a mais do que apenas passar por lá para comprar as refeições. A intenção é que possam ficar para um café e um bolo, almoçar, lanchar (há crepes, quiches, bolos e salgados diversos), marcar um jantar de grupo ou tomar parte nas atividades que já têm preparadas.

CookIt0418

Nesta sala organizam-se jantares de grupo (foto: Tiago Pais / Observador©)

E, de facto, não faltará o que fazer: sessões de showcooking temáticas, sempre um sábado por mês, com chefs convidados e espaço para 12 aprendizes (que, no final, poderão comer tudo o que cozinharam), jantares vínicos, uma noite de fados mensal e, até, a partir de 29 de maio, uma incursão pelo mundo do copo ao fim do dia, com um convidado musical, um saxofonista, e um menu à base de enchidos transmontanos e queijos da Beira Baixa. Se correr bem, o evento repetir-se-á mensalmente, sempre com música a acompanhar. Fica a promessa.

Nome: COOK It
Morada: Rua Pascoal de Melo, 71A (Estefânia), Lisboa
Telefone: 21 193 7017
Horário: De segunda a sábado, das 08h00 às 20h00
Reservas: Aceitam, só para jantares de grupo

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)