O Bloco de Esquerda decidiu hoje remeter qualquer sua posição sobre candidaturas às próximas eleições presidenciais de 2016 para um período posterior às eleições legislativas, que se deverão realizar nas primeiras semanas de outubro.

Estra posição foi transmitida aos jornalistas pela coordenadora bloquista Catarina Martins no final de uma reunião da Mesa Nacional do Bloco de Esquerda, o órgão máximo entre convenções desta força política.

Interrogada sobre a estratégia a seguir pelo Bloco de Esquerda nas próximas eleições presidenciais, Catarina Martins contrapôs que, neste momento, “o essencial, é o percurso para as eleições legislativas”.

“É nas eleições legislativas que estamos focados. A decisão da Mesa Nacional do Bloco de Esquerda é que só depois das eleições legislativas nos deveremos pronunciar sobre as eleições presidenciais”, disse.

Nas últimas eleições presidenciais, em janeiro de 2011, o Bloco de Esquerda apoiou a candidatura presidencial derrotada do histórico socialista Manuel Alegre, decisão que mereceu depois um intenso debate interno.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR