O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, conseguiu esta quinta-feira, pela margem mais reduzida possível, o voto de confiança do Parlamento para o seu quarto governo, um dos mais à direita da história política do país.

O Knesset (assembleia em Jerusalém) aprovou um voto de confiança no novo Governo por 61 votos a favor e 59 contra, anunciou o presidente do Parlamento israelita, Youli Edelstein.

 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR