Ter saudades de um amor que morreu. Nenhum de nós questionaria essa dor. Mas quando se trata de Courtney Love, nem todos são condescendentes. Tudo aconteceu na sua conta de Instagram. A ex-companheira de Kurt Cobain decidiu partilhar uma fotografia antiga da família: ela, ele e a filha de ambos. “Faz-me sentir tão triste. A nossa filha já está tão crescida. Meu deus Kurt, olha para a cara dela, em que é que estavas a pensar…!? Tenho saudades tuas, temos todos saudades tuas.”, escreveu a cantora, numa altura em que passam 21 anos depois do suicídio do cantor.

Esta fotografia foi publicada há quatro dias e a seguinte foi publicada há cinco, também com uma mensagem de amor para o eterno vocalista dos Nirvana que morreu aos 27 anos. A filha Frances Bean também faz parte do retrato de família.

Nos milhares de comentários, há quem lhe dê força e lhe diga para se apoiar na filha, que já tem 23 anos. Mas também há quem a acuse de ser a causa de morte do músico e quem ache que Courtney Love se está a aproveitar da imagem. “É nojento que continues a usar a morte dele para captares atenção para ti própria”, escreve um dos utilizadores. Outro acrescenta: “Tu é que roubaste o pai à tua filha. Tu és má, isto é obsceno, doentio e patético”.

Depois, há quem questione o porquê de, tantos anos depois, ainda haver tanto ódio contra a cantora. “As pessoas estão só a inventar desculpas para a odiar por causa de tudo o que ela passou. Acho que, se um homem tivesse passado pelas mesmas coisas, não estaria a ouvir isto”, escreve um utilizador, nota o Mic. A mesma publicação acrescenta que esta é uma estratégia semelhante à adotada com Yoko Ono, que é “constantemente culpada por os Beatles terem acabado”.