A assinatura da escritura de venda do BESI ao grupo chinês Haitong International Holding será feita na próxima segunda-feira, dia 7 de setembro. Este é o culminar das negociações que duram desde 7 de Dezembro de 2014, quando a venda ao grupo chinês foi formalizada.

O negócio da venda do BESI só podia ser concluído após o aval de nove entidades, onde constam o Banco de Portugal, a Autoridade da Concorrência, os reguladores chineses e o Banco Central Europeu. No primeiro semestre de 2015, o banco português de investimento esteve focado na “obtenção das diversas autorizações regulatórias”. Oito meses depois da venda do BESI ser formalizada, o Novo Banco já recolheu as autorizações necessárias para concluir a operação e irá assinar a escritura de venda dia 7 de setembro.

A venda do banco de investimento ao grupo chinês representa para o Novo Banco um encaixe de 445 milhões de euros.