Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A rotina é quase sempre a mesma. Levar um tupperware com os restos do jantar, guardar no frigorífico no trabalho e, quando o relógio marcar a hora, aquecer no microondas e almoçar. É prático, serve para poupar algum dinheiro e garante que não só não se desperdiçam alimentos como se conhecem a origem dos alimentos. Mas será esse hábito, que tem crescido exponencialmente, saudável?

Não é propriamente o melhor do mundo para a saúde comer algo guardado num desses recepientes, mas depende mais das condições de conservação do que do plástico. “A chave é conservar corretamente o alimento para que mantenha todas as suas propriedades nutricionais, sabor e textura”, explica a nutricionista Yolanda García ao El Mundo. E isto é possível se não submeter a comida a grandes diferenças de temperatura e se a mantiver fria. Por isso o melhor será levar o tupperware numa bolsa térmica até chegar ao trabalho.

Outro conselho: organize-se. O ideal é planificar ao fim de semana aquilo que vai comer ao longo da semana, para não ficar prisioneiro da cozinha – nem dos alimentos gordurosos e rápidos habituais de quem faz tudo à última hora. Cozinhe algo saudável e a seguir empacote tudo em tupperwares. Ponha etiquetas em todos, se for necessário.

Sim, vai ter muito que cozinhar e a imaginação pode esgotar a certa altura. Mas não é tão difícil quanto isso ultrapassar este problema, garante Yolanda García. É importante que não caia no erro de comer apenas saladas: é fundamental juntar proteínas e hidratos de carbono à sua dieta, porque serão eles a fornecer-lhe a energia que necessita para trabalhar o resto da tarde. Aposte no ovo, frango, delícias do mar, carnes brancas e arroz e alterne estes alimentos ao longo da semana.

Escolha também alimentos da época. Segundo a nutricionista, estes são aqueles que mais minerais e vitaminas oferecem. E já que grande parte das pessoas escolhe a comida de tupperware para poupar dinheiro, os alimentos de época são uma boa aposta porque costumam estar mais baratos nos supermercados. Este fim de semana, deve pensar em refeições que incluam maçã, laranja, noz e castanha, por exemplo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR