Dias chuvosos, céu nublado, folhas no chão, árvores despidas. O outono está aí, mas não há razões para se sentir tão deprimido. Não é só o verão que nos oferece uma grande variedade de frutas e de produtos que fazem feliz o nosso palato. O outono também traz coisas boas para comer e para se deliciar nos longos serões à lareira. O El País enumerou alguns alimentos e nós vamos dar-lhe dicas do que fazer com eles.

As uvas

O outono lembra a arte das vindimas e não há melhor época para as comer que esta. E não dê a desculpa das grainhas, porque até já há marcas sem elas. As uvas saltam das videiras para a mesa, mas também para o copo, através do vinho. Uva branca ou uva roxa, uma fruta fresca e fácil de comer que facilmente pode levar consigo. São uma espécie de petisco. É só preciso lavar, colocá-las numa taça e voilá. Se bem que também podem servir para complementar outros pratos, é só preciso dar asas à imaginação. Experimente com uma bela salada com qualquer tipo de queijo: uma espécie de união perfeita.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Abóbora

Não, não é só porque elas são muito boas para as brincadeiras de Halloween. A abóbora é um legume saudável que pode incluir sempre nas suas sopas e nas saladas. Pode salteá-la com outros legumes e claro, apostar em fazer doce de abóbora, juntar-lhe uns pinhões ou umas nozes e acompanhar com requeijão. Uma sobremesa que certamente vai melhorar os dias mais tristonhos do outono.

doce abóbora

Espinafres

Não é só o Popeye que precisa de espinafres, por isso não rejeite já este alimento. Dê-lhe uma oportunidade. Que tal colocá-los na sopa? Ou salteá-lo com com um bocadinho de azeite, alho e cogumelos? Sem esquecer, claro, o esparregado. Se gosta de um petisco, porque não aproveitar e utilizá-lo numa quiche para servir ao lanche. E que tal misturá-los simplesmente com alheira ou farinheira para acompanhar peixe ou carne?

espinafres

Repolho

O repolho pode ser um legume talvez mal amado, mas é muito benéfico. Na sopa ele pode ser combinado de diversas formas e se gosta de cozido à portuguesa então sabe que ele pode vai faltar. Tente inclui-lo na suas refeições. Ah, e o bacalhau tem nele um dos melhores companheiros.

repolho

Castanhas

Assadas ou cozidas, em puré ou em sopa, e até nos doces, elas não podem faltar nesta estação do ano. Os vendedores de rua já andam por aí, por isso aproveite e delicie-se com umas bem quentinhas e não se preocupe em sujar as mãos. Esta é mesmo a sua forma mais tradicional, mas as receitas com castanhas são muitas. Seja em sobremesas, em pratos de carne ou peixe, nunca desiludem.

castanhas assadas

Tangerinas

Elas aparecem mais para o final do outono, doces e suculentas. São uma fruta saudável e sobretudo uma fruta da época que não deve deixar de fora da sua alimentação. Não é só boa pela vitamina C. Pode incluir a tangerina em inúmeros doces, sejam eles bolos, tartes ou sobremesas. Imagine um bolo de chocolate acompanhado de umas tangerinas em calda.

tangerinas

Romãs

As romãs são outro ícone desta estação. Corte a fruta ao meio, retire os pedacinhos e delicie-se. Se preferir introduza-as nas suas refeições, como por exemplo em saladas, em sobremesas saudáveis com iogurte e frutos secos. As possibilidades são infinitas.

romã

Marmelo

Falar deste fruto é falar de um doce amplamente conhecido, a marmelada. A da sua avó ou da sua mãe devem ser as suas preferidas, por isso não perca tempo. Acompanhe-a com tostas ou experimente novas receitas, como por exemplo marmelo assado com canela e anis, ou cozida com pau de canela e erva-doce.

mamelada

Pêras e maçãs

Fruta e mais fruta. Use e abuse, sem conta, peso e medida. Estas são duas frutas que pode comer ao natural e que pode incluir em inúmeras receitas. Sumos, batidos, sobremesas. Bolo de maçã, tarde de maçã ou de pêra. Maçã cozida, pêra assada ou bêbeda, e vice-versa. São imensas as receitas, por isso não precisa mesmo de cair na rotina.

tarte maçã