A grande maioria das escolas (71,5%) obteve média negativa no exame de Matemática do 6.º ano realizado em maio, de acordo com dados do Ministério da Educação relativos ao ano letivo 2014-15.

Num total de 1.174 escolas, 839 tiveram média negativa neste exame, com apenas 335 estabelecimentos de ensino (28,5%) a alcançarem média positiva.

As avaliações neste nível de ensino são feitas numa escala de 1 a 5, sendo negativas as classificações de 1 e 2.

A escola com melhor prestação em exame foi o Colégio do Parque do Falcão, no Seixal, que realizou 10 provas, nas quais a média de exame (4,6) superou a de frequência interna (4,2).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Segue-se nesta tabela o Colégio Nossa Senhora do Rosário, no Porto, com 144 provas realizadas e uma média de exame de 4,40, contra 4,33 de média interna, aquela que resulta da avaliação contínua atribuída pelo professor ao longo do ano.

A terceira posição é ocupada pelo Externato Nossa Senhora das Graças, em Braga, onde se realizaram 24 provas e a média de exame foi de 4,38, contra 4,21 de média interna.

A primeira escola pública a surgir nesta lista é a Escola Básica dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos com Ensino Secundário Mouzinho da Silveira, Vila do Corvo, no Corvo (Açores), com apenas dois exames realizados.

Ocupa a 39.ª posição, com médias de 4 em exame e 4,5 interna.

Nos últimos lugares estão duas escolas públicas, em Lisboa e Cascais, e uma privada no Algarve.

As provas finais no ensino básico têm uma ponderação de 30% na nota final dos alunos, à semelhança dos exames do ensino secundário.