Francisco Louçã vai integrar a lista que o PS, Bloco de Esquerda (BE) e PCP vão colocar à votação no Parlamento com o objetivo de escolher os nomes que integrarão o Conselho de Estado. A informação é adiantada pelo Diário de Notícias, depois de ter sido confirmado, nesta terça-feira, que Domingos Abrantes é o nome escolhido pelo PCP, a que se junta Carlos César, atual líder parlamentar do PS e ex-presidente do partido.

O prazo de entrega das listas para o Conselho de Estado termina nesta quarta-feira. Vão ser entregues duas listas. O PS entendeu-se com o PCP e o BE para dividirem entre si três lugares, considerando que os outros dois são para os partidos de direita. PSD e CDS consideram que lhes cabe preencherem três lugares e que a esquerda só tem direito a dois. De qualquer modo, têm que apresentar uma lista de cinco nomes para os cinco lugares disponíveis.

Os sociais-democratas vão apontar Francisco Pinto Balsemão, fundador do partido, e o CDS revelará nesta quarta-feira qual o nome que pretende indicar, para um total de cinco vagas que, de acordo com a Constituição, cabe à Assembleia da República preencher para completar o órgão consultivo do Presidente da República.