Quem disse que a Playboy vai perder charme se quiser mesmo vestir as coelhinhas, talvez possa olhar para estes cartazes e mudar de ideias. Estas eram as versões dos cartazes eróticos dos loucos anos 20, os calendários Pirelli da altura. Mas tinham outro nome: “Cartazes Franceses”, explica a Mashable.

Os cartazes franceses eram ilegais à época nos Estados Unidos: era proibido enviá-los por correio, mas algumas lojas conseguiam vendê-los clandestinamente. Mas ninguém utilizava nomes. Os fotógrafos, que normalmente estavam em início de carreira, assinavam com um pseudónimo. E os nomes dos modelos ficavam para sempre desconhecidos, porque seria uma desonra se viessem à tona.

Espreite onze cartazes com casais dos anos 20 em posições sugestivas na fotogaleria.