Com passagem à produção já confirmada pelo CEO da Fiat Chrysler Automobiles, o futura versão Spider do híper exclusivo Ferrari LaFerrari foi dada a conhecer através de imagens de uma miniatura produzida pela Kane & Co. e representativa daquilo que será o modelo.

Estas imagens, divulgadas através do site Autoevolution, revelam uma variante Spider em quase tudo idêntica à versão coupé, à excepção da capota, a qual não se sabe sequer onde poderá ser acomodada, quando não estiver em utilização.

Em termos de motorização, o LaFerrari Spider deverá manter o mesmo V12 6,3 litros a gasolina que, apoiado por um motor eléctrico, continuará a debitar uns arrasadores 963 cv de potência e 900 Nm de binário, tudo descarregado apenas nas rodas traseiras. Tal como o irmão, também o Spider não deverá demorar mais que 3 segundos dos 0 aos 100 km/h, com a velocidade máxima limitada a 350 km/h.

Mas a variante descapotável do LaFerrari promete ser ainda mais exclusiva que o coupé. Há rumores de que a produção não deverá ultrapassar os 150 a 200 carros, ou seja, bem menos que as 499 unidades da variante com hardtop, cujo preço se situa em qualquer coisa como 1,3 milhões de euros, antes de impostos. Já a exclusividade do LaFerrari Spider poderá custar à volta de 2 milhões de euros, segundo alguns especialistas, podendo atingir os 3,5 milhões na opinião de outros, pois nestes casos é a exclusividade que faz disparar o valor desta classe de veículos. E quanto menor a produção, mas elevado é o seu preço.

Interessados há muitos, mas o Spider está reservado apenas para alguns clientes, que serão convidados a adquiri-lo pela própria Ferrari. Se não for o seu caso, pode sempre ter um LaFerrari Spider em ponto pequeno. Continua a ser um brinquedo e só custa 430 dólares.