As questões relacionadas com a pneumonia de Hillary Clinton levantadas nos últimos dias trouxeram a saúde dos candidatos para o centro da campanha eleitoral. A preocupação com a saúde dos candidatos a Presidente é tanta que a pneumonia de Hillary Clinton está a afetar, de facto, a eficácia da campanha. E Donald Trump já anunciou que vai divulgar um relatório médico com detalhes “muito específicos”, para provar o seu bom estado de saúde.

Mas as doenças presidenciais não são novidade. Desde pelo menos Abraham Lincoln que são vários os casos de falta de saúde registados no mais alto cargo dos Estados Unidos. Doença bipolar, cancro, transtornos vários e até Alzheimer, de acordo com o El Mundo. Quase tudo afetou os Presidentes do país. Veja nesta fotogaleria os sete presidentes com mais problemas de saúde:

7 fotos

Clinton e Trump são dos candidatos mais velhos da história dos EUA (com 68 e 70 anos, respetivamente). A saúde da candidata democrata é a que tem dado mais que falar, depois de se ter sentido mal durante a cerimónia de homenagem às vítimas do 11 de setembro, este domingo. Foi-lhe diagnosticada uma pneumonia, mas já não é o primeiro problema de saúde da antiga secretária de Estado, em público. Em 2012, tinha sofrido um traumatismo, que lhe provocou um coágulo sanguíneo.