Domingos Montagner, ator brasileiro que ficou conhecido em Portugal pelo papel de Zuah na telenovela Salve Jorge, de 2012, morreu durante a tarde desta quinta-feira depois de ter desaparecido no intervalo das filmagens de Velho Chico, da Globo. Montagner tinha 54 anos.

O ator, que tinha gravado algumas cenas durante a manhã na localidade de Canindé do São Francisco, em Sergipe, aproveitou o intervalo das filmagens para tomar um banho no rio São Francisco. Contudo, não voltou à superfície. A atriz Camila Pitanga, que estava com ele, conseguiu nadar até à margem, mas Montagner foi arrastado pela corrente.

Foi Camila Pitanga que alertou a produção da telenovela, que contactou de imediato as autoridades. Nas buscas participaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, ajudados por pescadores locais. O corpo de Montagner foi encontrado pouco tempo depois, preso nas pedras a trinta metros de profundidade, de acordo com o G1.

Amigos e colegas de profissão já começaram a reagir à morte de Montagner. Lília Cabral disse que “isso é uma tragédia que nós jamais vamos conseguir esquecer”. “Ele é uma unanimidade, uma pessoa adorável, um ator fantástico, um profissional incrível”, afirmou citada pelo G1. Vera Holtz afirmou que todos os atores estão a “sofrer em conjunto” e que “ninguém consegue trabalhar”. “Entrámos em estado de luto.”

No Twitter, o Corinthians escreveu que “além de grande ator”, Montagner era adepto do clube, onde chegou a jogar andebol. “Nossos sentimentos à família de Domingos Montagner. Descanse em paz.”

Domingos Montagner nasceu a 26 de fevereiro de 1962, em São Paulo. Começou a carreira no teatro e no circo, a sua grande paixão. Formado pelo Circo Escola Picadeiro, criou, em 1997, com o diretor Fernando Sampaio o grupo de palhaços La Mínima “cujo princípio é pesquisar o repertório clássico do palhaço”, de acordo com o site da dupla. O grupo ganhou destaque com o espetáculo “A Noite dos Palhaços, de 2008, pelo qual Montagner recebeu o Prémio Shell de Melhor Ator.

Com Fernando Sampaio, criou ainda em 2003 o Circo Zanni, do qual era diretor, mas foi na televisão que ganhou fama. Desde que se estreou no pequeno ecrã em 2006, com a série Mothern, participou em 13 programas, séries e telenovelas, e ainda nove filmes, que incluem Gonzaga — de Pai Pra Filho, do realizador Breno Silveira.

Chegou às telenovelas em 2011 com o papel de Capitão Herculano Araújo em Cordel Encantado, que é ainda hoje lembrado. Outras interpretações de destaque incluem o presidente Paulo Ventura em O brado retumbante (2012) e Zyah em Salve Jorge (2012). Mais recentemente, interpretava a personagem de Santo, protagonista de Velho Chico juntamente com Tereza (Camila Pitanga).