Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O próximo ano promete ser um dos mais dinâmicos de sempre, num dos segmentos mais apetecidos pelos consumidores portugueses, o dos SUV que, só nos primeiros 11 meses de 2016 cresceu 48% nas vendas, saltando das 8.319 unidades comercializadas entre Janeiro e Novembro de 2015 para 12.368 em igual período deste ano, de acordo com os dados da Associação Automóvel de Portugal.

Alinhado pela tendência europeia, este crescimento dos SUV no mercado nacional promete continuar. E a ritmo acelerado pois, para 2017, aguarda-se uma forte ofensiva neste domínio, já que praticamente todos os fabricantes querem disputar uma fatia do segmento, preparando para tal o lançamento de novos produtos – entre facelifts e novas gerações de modelos já existentes, além dos SUV que marcam a estreia de diferentes marcas no segmento.

Se é dos que também morre de amores por este tipo de automóveis, com um ar mais durão, mas com uma utilização eminentemente urbana, saiba que, oficialmente, vêm aí 27 novidades. Porém, é quase garantido que vão ser mesmo 30 (se não forem mais), já que o mais provável é que a Abarth surja com um 500X com raça de escorpião, enquanto a DS poderá apresentar o seu primeiro modelo no domínio dos SUV, mas lá mais para o final do ano. E, a avaliar pelo que diz a imprensa internacional, não será de surpreender se a Citroën revelar também, lá mais para o final de 2017, o seu Aircross, crossover que, para já, oficialmente só começará a ser produzido em Rennes em 2018.

No meio de tanta oferta, simplificamos-lhe a vida e apresentamos-lhe as novidades de A a Z, que é como quem diz, por ordem alfabética. Mas fazemos mais: dizemos-lhe quando chegam, quanto custam ou podem custar e mostramos-lhe como são. Por dentro e por fora.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

1. Alfa Romeo Stelvio

12 fotos

aqui falámos sobre o primeiro SUV da Alfa. Chega a Portugal no segundo trimestre de 2017, inicialmente com a versão mais desportiva, a que é animada pelo motor 2.9 V6 Turbo, bloco concebido com a colaboração da Ferrari e que debita 510 cv. Mais tarde chegarão as motorizações diesel, precisamente as mesmas 2.2 que já conhecemos no Giulia, com 150 e 180 cv, por valores que começarão abaixo dos 50.000€, para fazer frente aos ditos rivais premium.

2. Audi Q5

10 fotos

O novo SUV médio de Ingolstadt chega no início de 2017. Como já tivemos ocasião de lhe dar conta, a nova geração do best-seller da Audi está maior e mais leve, prometendo ganhos em habitabilidade e performance. Será introduzida no mercado com mais argumentos no que toca às ajudas à condução e, no que diz respeito a motores, surgirá com potências entre os 150 e os 286 cv. Vão ser disponibilizados quatro blocos TDI a gasóleo (2.0 TDI de 150, 163 e 190 cv, e 3.0 TDI 286 cv) e um TFSI a gasolina (2.0 TFSI 252 cv). A versão mais acessível continuará abaixo dos 50.000€.

3. Audi SQ2

2017-audi-sq2-spy-photo

A imprensa internacional garante que a Audi tem já em avançado estado de desenvolvimento uma versão de alto desempenho do novo Q2. Tal como este SUV, assente na mesma plataforma do A3 hatchback, o SQ2 poderá recorrer ao 2.0 TFSI turbo a gasolina com 306 cv e ao sistema de quatro rodas motrizes do S3. E, quem sabe, se não virá por aí também um ainda mais potente Q2 RS… Os valores, esses, estão no segredo dos deuses.

4. Citroën C3 Aircross

2 fotos

A marca francesa vai expandir a sua gama de crossovers, muito possivelmente no final de 2017. A avaliar pela imagem que a Auto Express publicou, o modelo vai ter, naturalmente, uma maior distância o solo do que o C3, enquanto a receita, na estética, deverá passar por seguir a filosofia do C4 Cactus. Dado que as motorizações deverão ser as mesmas que a do C3, é de esperar que os valores se iniciem abaixo dos 20.000€.

5. Dacia Duster

18 fotos

Prometendo continuar a ser um dos SUV mais acessíveis do mercado, o Dacia Duster foi alvo de um facelift, pelo que surgirá com uma imagem mais moderna. Mas o grande destaque vai para a introdução, pela primeira vez na Dacia, de nova caixa automática e logo de dupla embraiagem. A EDC está associada (em opção) ao diesel dci 110 4×2 e chega em Março.

6. Fiat 500X

8 fotos

Em grande parte dos mercados internacionais já estão abertas as encomendas para a versão actualizada do 500X, pelo que pouco tardará até que o mesmo aconteça em Portugal, sendo que os preços actualmente arrancam nos 22.100€. O SUV transalpino mantém-se igual no que toca a dimensões, mas amadurece do ponto de vista do design. Entre as novidades, destaque para três novas cores para a carroçaria, novas jantes de 17” e novos embelezadores à frente e atrás, a imitar protecções da mecânica. Desconhece-se, ainda, se vão ou não existir alterações ao nível das motorizações na gama disponível em Portugal.

7. Honda CR-V

28 fotos

Assente numa nova plataforma, a quinta geração do SUV nipónico cresceu 4 cm na largura e 3 cm no comprimento, pelo que vai passar a oferecer uma melhor habitabilidade, sobretudo no espaço disponível para as pernas de quem vai sentado nos lugares posteriores. Ênfase para o facto de este ser o primeiro modelo da Honda a contar com grelha frontal de lamelas activas, ou seja, que se fecham de início para acelerar o aquecimento do motor e depois só abrem quando o motor está demasiado quente, para optimizar a aerodinâmica. Antecipa-se uma ligeira subida dos valores pelos quais será proposto, já que é conhecida a intenção da Honda de pretender posicionar este SUV num patamar mais premium.

8. Jeep Compass

27 fotos

Quer ser o melhor no todo-o-terreno e chega no segundo semestre de 2017. O Compass posiciona-se entre o mais pequeno Renegade e o maior Cherokee, mas esteticamente vai buscar muitas semelhanças aos manos grandes (Cherokee e Grand Cherokee), nomeadamente a nova grelha frontal ou as cavas das rodas trapezoidais. Mais importante do que isso, o sistema de tracção integral que permite enviar até 100% da potência para qualquer roda, utilizando para tal a vectorização da força de travagem, o que pode ser uma boa ajuda em situações de tracção limitada. É de esperar que os preços se aproximem mais do Renegade do que do Cherokee, ou seja, algures abaixo dos 35.000€.

9. Kia Niro

37 fotos