Rádio Observador

Novo Banco

Centeno: Liquidação do Novo Banco “está basicamente fora de causa”

Em entrevista à Reuters, Centeno diz que extinção (liquidação) do Novo Banco "está basicamente fora de causa". E a nacionalização? É preciso explorar todas as soluções.

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

O ministro das Finanças considera que um cenário de extinção (liquidação) do Novo Banco “está basicamente fora de causa”, no caso de falhar o processo de venda da instituição que resultou do Banco Espírito Santo. Mas não fecha a porta a uma nacionalização.

Em entrevista à Reuters, Mário Centeno diz que “não podemos ficar refém de soluções” e, por isso, defende que “vamos explorá-las todas as que tivermos à nossa mão”. O ministro das Finanças, acrescentando que Portugal não pode correr riscos com a estabilidade financeira.

O ministro das Finanças reafirma que o foco neste momento continua na venda do Novo Banco — o Banco de Portugal escolheu a proposta do fundo americano Lone Star para prosseguir as negociações, mas sabe-se que a oferta é baixa e exige garantias do Estado que o Governo já classificou de indesejáveis. Quando questionado sobre as alternativas no caso desta venda falhar: nacionalização ou extinção (neste caso, liquidação), Centeno responde: ”

Não tem de ser a extinção, antes pelo contrário, isso está basicamente fora de causa”.

Mário Centeno diz que “não podemos ficar reféns de soluções e vamos explorá-las todas as que tivermos à nossa mão, sendo que neste momento o foco é claramente o processo de venda”.

A possibilidade de nacionalização tinha já sido admitida este ano por Centeno numa entrevista ao Diário de Notícias e TSF. Sem ir tão longe agora, o ministro insiste que nenhuma porta pode ficar fechada, realçando que devem ser exploradas “outras alternativas que permitam atingir o primeiro dos critérios que é a estabilidade do setor financeiro”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: asuspiro@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)