A CNN divulgou esta quinta-feira um vídeo de vigilância que mostra dois espiões norte-coreanos a fotografar aquilo que eles julgavam ser projetos de mísseis secretos ucranianos. O vídeo de vigilância foi filmado há seis anos — a 27 de julho de 2011 — através de uma câmara escondida numa garagem.

Na verdade, este vídeo é o resultado de uma operação planeada durante meses pela Ucrânia para apanhar em flagrante estes dois espiões. O preso mais velho é um homem de cinquenta anos, conhecido nos documentos judiciais como X5. O seu cúmplice é um especialista técnico conhecido como X32.

A operação resultou até porque estes dois espiões norte-coreanos vistos no vídeo de vigilância foram acusados de espionagem e estão atualmente a cumprir oito anos de prisão na cidade ucraniana de Zhytomyr, a 140 quilómetros a oeste da capital ucraniana de Kiev.

Este vídeo foi divulgado pouco tempo depois do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos ter acusado a Ucrânia de vender motores para mísseis à Coreia do Norte, em declarações ao jornal norte-americano The New York Times. A Ucrânia negou as acusações.