A Toyota revelou de forma oficial, no Salão Automóvel de Frankfurt, um protótipo do que poderá vir a ser a futura variante híbrida do já conhecido pequeno crossover C-HR. E que, embora ainda muito no segredo dos deuses, anuncia desde já mais potência. Prometendo ser, igualmente, a primeira de muitas.

Actualmente disponível com um sistema híbrido que tem por base um 1,8 litros a gasolina, o Toyota C-HR Concept apresentado poucas alterações traz, em termos estéticos, face ao modelo já em comercialização. “Não queríamos recorrer a muitos elementos de distinção ou personalização, ou até mesmo enchê-lo de pormenores, de forma a conseguir o impacto que pretendíamos que o modelo tivesse”, explica a marca nipónica.

Assim e novidade face CH-R já disponível, apenas uma nova pintura “Dark Carbon” com acabamentos em mate e pormenores em preto brilhante, algumas aplicações em cromado escurecido, jantes de 20″, além de uma nova película no tejadilho, que se estende pelos pilares A. Tudo, no fundo, para chamar mais a atenção.

Já no habitáculo, segue-se a mesma política, com as alterações a resumirem-se a um novo esquema de cores, importado do exterior.

Quanto ao sistema de propulsão, a Toyota revela apenas que, ao contrário da versão híbrida do C-HR já em comercialização, cuja potência surge fixada nos 122 cv, a solução aplicada neste concept permite oferecer mais “poder de fogo”. Quanto, a marca japonesa ainda não revelou. Afirmando apenas que se trata do primeiro de uma nova família de sistemas de propulsão híbridos, mais potentes.