A Terra é redonda? Sim, é (não queremos leitores mal informados). No entanto, para cada vez mais pessoas vivermos num globo não passa de uma teoria da conspiração das agências espaciais (principalmente da americana, a NASA). A “Sociedade da Terra Plana” (Flat Earth Society, em inglês) é o maior exemplo disso, uma associação que desde 2004 tem ganho cada vez mais seguidores à volta do mundo.

Um dos saltos pequenos para um humano, mas grande para a associação que a levou a ser conhecida nos quatro cantos da Terra, são as partilhas do rapper americano B.o.B. no Twitter. Em setembro deste ano o artista até criou uma campanha de angariação de fundos no site Gofundme (“financia-me”, em português). O cantor pede um milhão de dólares (838 mil euros) para “enviar para o espaço balões meteorológicos e satélites” para comprovar que a Terra é plana.

No primeiro tweet, em 2016, que originou grande polémica, o rapper questiona: “As cidades atrás de mim têm entre elas aproximadamente 25 quilómetros… onde está a curva? Expliquem isso”. Tal foi o impacto nas redes sociais que a publicação teve que até gerou uma resposta do conceituado cientista Neil deGrasse Tyson em que explica que os prédios são visíveis, mas apenas os mais altos a essa distância, justificando a curvatura da terra.

Recentemente, a associação que defende que o horizonte tem um fim realizou o primeiro congresso entre 9 e 10 de novembro, em Raleigh, na Carolina do Norte (EUA). Numa reportagem da BBC dão como exemplo a forma como os descrentes na terra redonda passaram a acreditar na teoria da conspiração graças aos vídeos que encontraram em redes sociais e na Internet.

Nesta reportagem da BBC é demonstrado como correu a convenção. Um dos crentes na terra plana, Mark Sargent, que tem mais de 43 mil seguidores no Youtube, explica que a Terra é um disco. No vídeo é ainda entrevistado, entre outros visitantes, um expositor que esteve na convenção a vender modelos físicos decorativos de uma Terra plana.
Mas então como é a Terra segundo quem defende que não é redonda? Segundo quem acredita, é um disco. O Sol? Gira no topo. Quanto à gravidade, é um conceito que não existe, afirmam os crentes. A crença na teoria da conspiração vai até levar ao espaço este sábado o californiano de 61 anos Mike Hughes. O americano construiu um foguetão para tirar fotografias à Terra e (tentar) provar que ela é plana. O vídeo vai ser transmito em direto para quem pagar uma taxa para o poder visualizar.
Apesar de esta teoria ter maior aceitação e visibilidade nos Estados Unidos, fãs podem ser encontrados bem perto de Portugal, em Espanha. Oliver Ibáñez é um “terraplanista” espanhol, que tem mais de 92 mil seguidores no Youtube. Nos vídeos que divulga no canal que tem da plataforma online de vídeos, explica e desconstrói vários factos: desde dizer que a Terra não tem um núcleo, a afirmar que Michelle Obama, a antiga primeira dama americana, é na verdade um homem.
Como explica o El Español, graças à propagação destes vídeos online, que falam de factos comprovados afirmando-os como mentira, recorrendo a exemplos com nenhuma legitimidade científica, há quem se converta às teorias da conspiração.