Rádio Observador

Infiniti

Q Inspiration. Futuros Infiniti vão ter esta pinta

A Infiniti revelou o Q Inspiration, protótipo que antecipa uma nova geração de veículos e que enverga um motor a oferecer a potência de um V6 a gasolina, com a eficiência de um quatro cilindros diesel

Autor
  • Francisco António

A marca de luxo da Nissan apresentou, no Salão Automóvel de Detroit, actualmente a decorrer, o seu mais recente protótipo, o Q Inspiration Concept. Trata-se de um estudo que dá a conhecer não apenas uma nova linguagem de design, mas também tecnologias de condução autónoma, assim como o primeiro motor turbo VC-Turbo com taxa de compressão variável, pronto para passar à produção.

O Infiniti Q Inspiration Concept adopta as formas de um sedan clássico, embora de linhas fortemente futuristas e marcantes, a anunciarem igualmente motorizações extremamente avançadas e de ponta.

O acesso ao interior é feito através de portas de abertura antagónica, com o protótipo a exibir no habitáculo uma abordagem minimalista e a aposta numa elevada qualidade de materiais, como a madeira ou pele, ao mesmo tempo que oferece quatro futuristas poltronas individuais, revestidas a pele branca, complementadas por um ambiente que, refere a marca, procura ser “sereno e confortável”.

Tecnologicamente, o destaque vai para as “obrigatórias” soluções de condução autónoma, concentradas no sistema ProPILOT. O qual promete ajudar o condutor a livrar-se das “obrigações mais mundanas e stressantes resultantes da condução”, já que a viatura será capaz de responder a quaisquer perigos que possam surgir, ao mesmo tempo que os ocupantes desfrutam de tudo o que interior lhes oferece. E o que faz parte dessa oferta? Desde logo, a possibilidade de acederem a todo o tipo de conteúdos digitais, através dos respectivos ecrãs tácteis individuais ou, então, aproveitarem para descansar, recorrendo a um invulgar modo de relaxamento, proposto pela interface humano-máquina, acessível através de uma escultural consola central flutuante.

Para esses momentos de maior descontração, os ocupantes podem mesmo efectuar o ajuste da iluminação na sua zona da cabina. Ao mesmo tempo que a interface reduz o fluxo de informação e fornece programas de meditação, como forma de ajudar os ocupantes a libertarem-se da tensão e do stress. Sendo que o automóvel pode, inclusivamente e durante todo o período da viagem, monitorizar os dados biométricos dos passageiros.

Como sistema de propulsão, o Infiniti Q Inspiration Concept utiliza a mais recente evolução tecnológica, em termos de motores, desenvolvida pela marca nipónica, e que passa por um quatro cilindros capaz de ajustar a taxa de compressão na câmara, consoante a necessidade do momento. A Infiniti garante que, com esta inovadora tecnologia, é possível tirar partido de um bloco com a potência de um V6 a gasolina, mas com o torque e a eficiência de um quatro cilindros a gasóleo.

Fruto desta opção, o próprio design exterior do Q Inspiration acabou por ganhar, pois permitiu que os designers desenhassem um capot mais curto e fizessem avançar os pilares A. Solução que faz com que o Infiniti Q Inspiration Concept exiba um ‘corpo’ de sedan médio, ainda que no interior ofereça a habitabilidade e o espaço de uma proposta de maiores dimensões.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)