Os funcionários do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) vão fazer greve entre 27 e 29 de março para alertar para o que chamam de “situação caótica” naquela entidade, anunciou esta segunda-feira o seu sindicato.

Em comunicado, o Sindicato dos Funcionários do SEF (Sinsef) acusa a tutela de passividade e de, juntamente com a Direção Nacional, aplicar “políticas administrativamente absurdas”.