Morreu José Manuel Tengarrinha. O fundador do MDP/CDE morreu nesta sexta-feira aos 86 anos, confirmou à agência Lusa o dirigente do partido Livre,  Rui Tavares.

Antifascista, investigador, autor da “História da Imprensa Periódica Portuguesa”, deputado da Assembleia Constituinte e de outras quatro legislaturas, Tengarrinha era atualmente militante do Livre.

Antes do 25 de Abril, participou e liderou a constituição da Comissão Democrática Eleitoral, nascida em Lisboa, que se estendeu a mais distritos do país, para disputar as eleições de 1969, em plena ditadura do Estado Novo.

Foi detido várias vezes pela PIDE tendo até cumprido pena na Cadeia do Aljube, em Lisboa, e no Forte de Caxias — so foi libertado poucos dias depois do 25 de abril.

A “História da Imprensa Periódica Portuguesa”, uma das suas primeira obras, foi editada por duas vezes, primeiro em 1965 e depois em 1989. A sua extensa bibliografia debruçou-se quase sempre sobre a história oitocentista, o liberalismo e a imprensa.