Crise dos Refugiados

GNR ajuda 69 migrantes nas ilhas de Samos e Lesbos

Os militares da GNR destacados nas ilhas gregas de Samos e Lesbos auxiliaram 69 migrantes, dos quais 36 crianças, 16 mulheres e 17 homens, afegãos e iraquianos que tentavam chegar à costa.

YANNIS KOLESIDIS/EPA

Os militares da GNR destacados nas ilhas gregas de Samos e Lesbos auxiliaram esta segunda-feira 69 migrantes, dos quais 36 crianças, 16 mulheres e 17 homens, afegãos e iraquianos que tentavam chegar à costa.

Em comunicado, a GNR adianta que, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (Frontex), a equipa de vigilância marítima da Unidade de Controlo Costeiro detetou uma embarcação com 11 migrantes iraquianos, rumo à fronteira da Grécia, e prestou auxílio até chegarem à costa. Numa outra ação de patrulhamento efetuada na ilha de Lesbos, os militares auxiliaram o desembarque de 58 cidadãos afegãos, encaminhando-os para as autoridades gregas.

A operação da Frontex pretende prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo para a salvaguarda de vidas humanas no mar através de missões de busca e salvamento.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)