Tesla

Elon Musk admite fazer bicicleta eléctrica (louca)

Depois dos foguetões, veículos eléctricos e túneis, Elon Musk prepara-se para lançar bicicletas eléctricas. Pelo menos foi essa a porta que abriu numa entrevista, depois de criticar as trotinetas.

O CEO da Tesla, da SpaceX e da Boring Company, Elon Musk, já nos habituou a esperar o inesperado. E tudo indica que depois dos foguetões, dos túneis e dos carros eléctricos, o empreendedor sul-africano está decidido a apostar nas bicicletas eléctricas. O que até é capaz de ser o produto menos surpreendente vindo dele e das suas empresas, uma vez que a bicicleta e as trotinetas eléctricas são vistas por todos como uma extensão do automóvel eléctrico para as deslocações mais curtas.

Musk não inventa nada, pelo menos até agora e isto se descontarmos o PayPal, que lhe rendeu milhões. Aquilo em que o empresário, que vive na Califórnia, é bom é em pegar numa determinada solução e melhorá-la, inovando (aí, sim) na forma como funciona ou é produzida. Foi o caso dos foguetões da SpaceX, aparelhos que já existiam há muito, mas que a empresa de Musk tornou mais simples, eficazes e baratos, ao conseguir inovar ao recuperar os tanques com os respectivos motores, sucesso que se repetiu (ou irá?) com os painéis solares em forma de telhas, da SolarCity, os túneis da The Boring Companhy, que entram em fase de testes, e os veículos eléctricos, que até a Tesla surgir não eram apelativos, rápidos, luxuosos ou desejáveis.

Numa recente entrevista no Recode Decode, com Kara Swisher, Elon Musk começou por desancar nas trotinetas eléctricas, aquelas ao serviço da Lime (que ainda por cima têm alguma tendência para pegar fogo) e da Bird (ainda não disponíveis em Portugal). Aparentemente, o CEO da Tesla não as acha sexy e muito menos dignas. Mas quando a conversa versou sobre veículos eléctricos de duas rodas, Musk declarou-se fã de “veículos eléctricos de duas rodas”, preferindo as bicicletas. Especialmente quando afirmou: “Electric bike, I think we might do an electric bike, yeah.”

Com o ascendente que a Tesla tem sobre o mercado, uma bicicleta eléctrica da marca será sempre notícia. Mas Musk não quer apenas produzir mais uma bicicleta eléctrica, o que ele quer mesmo é conceber “a” bicicleta eléctrica. Uma em que ele, ou a Tesla, possa exibir todo o seu potencial tecnológico, bateria e sistemas de gestão de energia.

Com a Tesla a não revelar nada sobre o que poderá vir a ser a sua bicicleta movida ou apoiada por um motor eléctrico, recorremos ao mercado para procurar o veículo eléctrico de duas rodas mais ousado e, logo, o que potencialmente mais se poderá aproximar de uma proposta com o cunho da Tesla. E o brilhante designer Kendall Toerner deu-nos uma grande ajuda, com os seus apaixonantes projectos.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt
PSD

Ao centro, o PSD não ganhará eleições /premium

João Marques de Almeida

Rio, que não perde uma ocasião para evocar Sá Carneiro, não aprendeu a sua principal lição: o PSD só chega ao poder quando lidera uma alternativa aos socialistas. Não basta esperar pelo fracasso do PS

Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)