Eurogrupo

Centeno adverte Itália que só um novo orçamento dissipará as dúvidas

O presidente do Eurogrupo exortou o Governo italiano a submeter a Bruxelas um novo plano orçamental em linha com as regras comuns europeias, segundo o mesmo só assim Itália terá confiança.

OLIVIER HOSLET/EPA

O presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, exortou esta sexta-feira, em Roma, o Governo italiano a submeter a Bruxelas um novo plano orçamental em linha com as regras comuns europeias, advertindo que só assim Itália dissipará a atual desconfiança.

Centeno, que se deslocou esta sexta-feira a Roma para reuniões com o Governo italiano, falava numa conferência de imprensa conjunta com o ministro das Finanças italiano, Giovanni Tria, que por seu turno insistiu que “os pilares” do projeto orçamental rejeitado por Bruxelas são para “manter”, ainda que manifestando abertura para prosseguir um diálogo construtivo com a Comissão Europeia.

Reconhecendo que tem noção de que a atual política orçamental italiana “preocupa os Estados-membros da Europa”, Tria reiterou que “essas preocupações não são fundadas”, tendo Centeno, por seu lado, apontado que “as dúvidas persistentes”, nos mercados e entre os parceiros europeus, já estão a ter custos para Itália, e esse cenário só pode ser mudado com “um plano orçamental melhorado”.

“Há dúvidas persistentes nos mercados entre os parceiros europeus sobre a estratégia orçamental de Itália. A incerteza já está a ter um preço, na forma de custos de financiamento mais elevados para o Estado italiano, empresas italianas e cidadãos italianos. Um plano orçamental revisto oferece a oportunidade para dissipar as dúvidas e preservar a confiança, tanto interna — isto é, de empresas e das famílias — como externa, de investidores e parceiros europeus. Este é um ingrediente fulcral para o crescimento”, alertou Centeno.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

As aventuras da coerência /premium

Paulo Tunhas

Até certa altura pensei que a chamada “esquerda” era depositária da tradição de liberdade e garantia da democracia. Mas uma observação das suas reacções políticas mostra algo diferente e inquietante.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)