Tech Auto

Quer saber para que servem os amortecedores? Veja isto

106

Os amortecedores são muitas vezes uma das peças mais incompreendidas dos automóveis modernos. Pedem-lhes milagres, desconhecendo que, sem eles, os veículos ficariam incontroláveis. Como este.

Numa suspensão convencional, ou seja, não pneumática, há essencialmente dois sistemas: um elemento elástico representado pela mola, que na prática suporta o peso do carro, e o amortecedor que controla o movimento da mola. Esta é uma função mais difícil do que se pode pensar, pois o esforço é enorme, especialmente em mau piso, o que provoca um aquecimento excessivo e, nos amortecedores mais baratos, degradação e perda de eficiência.

Além de nem todos entenderem na perfeição a função dos amortecedores, exigem por vezes que assumam a função da própria mola, tornando a suspensão mais dura, quando teoricamente não é essa a sua finalidade. Pelo menos sem que haja também uma alteração ao nível do elemento elástico.

Para termos presente o papel do amortecedor, bem como o esforço que tem de desempenhar para manter os pneus em contacto com a estrada e impedir que o carro salte de um lado para outro por acção descontrolada da mola, é bom ver este vídeo do Master Milo.

youtuber holandês pegou num Ford Focus e furou-lhe os amortecedores com um berbequim. Sem óleo, os amortecedores, que limitariam os movimentos das molas ao fazer passar esse óleo por uns orifícios calibrados (tão mais pequenos, quanto “duros” queremos que sejam), deixaram de realizar qualquer função. O resultado é o que se pode ver…

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote na segunda edição do concurso dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto ObservadorVote agora

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)