Já foram resgatadas todas as pessoas presas numa mina depois de um terramoto registado pelas 12h53 desta terça-feira, na Polónia, avança a France Press. O jornal inmeteo italiano diz que o terramoto registou uma intensidade de 4,7 na escala de Richter e que o seu epicentro foi registado na localidade de Obiszow, exatamente onde estão localizadas as minas de cobre de Rudna.

As primeiras notícias davam conta do desaparecimento de catorze mineiros, funcionário da KGHM, uma empresa de produção de cobre e prata. No entanto, a companhia polaca atualizou essa informação através do Twitter, primeiro para oito desaparecidos e depois para seis. As últimas informações dizem que só falta resgatar um mineiro. Agora, a empresa afirma que todos os trabalhadores já foram retirados da mina e que apenas dois continuam no hospital

De acordo com a KGHM, o sismo atingiu a ala G2 da mina, onde estavam 32 trabalhadores. Sete desses funcionários foram transportados para o hospital para fazer exames “por precaução”, informou a empresa.