Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O jogador de futebol Tyrone Mings não irá sofrer processo disciplinar na sequência de um lance com o jogador português Nelson Oliveira durante a disputa de bola no passado sábado, dia 2 de fevereiro, noticia BBC News.

Durante o jogo, entre o Reading e o Aston Villa, ao minuto 73′, Nelson Oliveira, jogador do Reading, foi pisado na cara por Tyrone Mings, jogador do Aston Villa.

A Federação Inglesa de Futebol (FA) afirma que não irá abrir uma investigação ao Mings, o fato de que o incidente foi visto pelo árbitro impede a tomada de qualquer decisão posterior.

Contudo, Nelson Oliveira não culpa Mings pelo sucedido, mas afirma sentir-se “com raiva”, pois o acidente poderia ter sido evitado. O jogador português teve que ser operado à cara e esteve internado durante três dias, mas regressou a casa na segunda-feira, dia 4 de fevereiro.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A única coisa que posso dizer a 100%, e é apenas a minha opinião, ele poderia ter evitado”, disse Oliveira.

O jogador de 27 anos declarou à BBC Radio Berkshire que não quer julgar se o incidente ocorreu de propósito e afirmou que “as melhores pessoas para avaliar são os próprios jogadores, pois sabem como os futebolistas caem durante os jogos”.

Quem é Tyrone Mings e o que fez à cara de Nelson Oliveira?

Nelson Oliveira salientou que futebol é um jogo “agressivo, mas isso não é futebol” e acrescentou que tem muita sorte por ter partido “apenas o nariz, poderia ter ficado cego e incapaz de voltar a jogar”.

O jogador português afirma que recebeu uma mensagem depois de o jogo terminar, na qual Mings pediu-lhe desculpa pelo acidente.

O treinador do Aston Villa, Dean Smith, defendeu Tyron e declarou que o jogador ficou “chateado” assim que percebeu a gravidade da situação.

“Tudo aconteceu acidentalmente”, disse Smith.

Smith acrescentou ainda que Tyron mostrou-se preocupado com o jogador português e ficou “dececionado com os ferimentos que ele sofreu”, e que por vezes em qualquer desporto de contacto os “acidentes acontecem e esse foi um deles”.

Dean Smith terminou por salientar que o mais importante é que Nelson Oliveira está “OK”.