O Corolla volta a ser o modelo mais popular da Toyota, depois da marca japonesa o ter “atraiçoado” durante duas gerações com o Auris. E regressa em força, com uma gama completa, onde não faltam versões para clientes mais exigentes em matéria de emoções e outros que preferem as incursões pela natureza.

A novidade que mais mexe com o coração dos amantes de modelos com raça é o Corolla GR (de Gazoo Racing, a equipa de competição da marca) Sport, o mais traquino da família. Não é ainda um GRMN, nome difícil que a Toyota atribui aos modelos mais desportivos, em que o motor híbrido sai de cena, pois não há preocupações com consumo ou emoções, mas exclusivamente emoção. O GR Sport é uma versão desportiva intermédia, com um aspecto mais racing e alguns detalhes para melhorar a sua eficácia, mas com as motorizações já conhecidas, nomeadamente os motores 1.8 e 2.0, ambos a gasolina e qualquer um deles a recorrer ao ciclo Atkinson, em vez do tradicional Otto, que se retira potência, assegura maior economia.

Ao serviço de outras versões do Corolla, os referidos motores fornecem 98 cv através da unidade 1.8 a gasolina e 72 cv no eléctrico, totalizando no acumulado 122 cv. Em alternativa, o 2.0 usufrui de 152 cv da unidade a gasolina, para depois o eléctrico debitar 109 cv, com um total de 180 cv. Resta saber se estes valores se mantêm para o GR Sport.

8 fotos

O Corolla Trek só estará disponível na versão carrinha e exclusivamente com tracção à frente, como os restantes Corolla. Contudo, mantém os seus motores híbridos 1.8 e 2.0 com 152 cv e 180 cv, que lhe garantem baixas emissões poluentes, ideal para os condutores que pretendem realizar incursões pela natureza. Para isso, a altura ao solo foi incrementada e surgem protecções nos guarda-lamas, mais do que para proteger a pintura, para lhe conferir um ar “durão”, que quem gosta deste tipo de veículos (que visam aproximar-se dos crossovers) aprecia.

Para que os utilizadores do Corolla Trek tenham um veículo capaz de atingir locais de acesso mais complicado, a Toyota associou-se a uma reputada marca de bicicletas de montanha, a Trek, que tratou de criar um modelo à altura das circunstâncias, o qual se poderá adquirir através dos concessionários Toyota.