Agora que se iniciou a contagem decrescente para as reservas do primeiro eléctrico da nova família ID., o canal de YouTube da Volkswagen na Holanda surgiu com quatro teasers promocionais do modelo – o que é normal acontecer, se os diferentes países fizerem uma acção concertada. Aparentemente, não terá sido isso o que aconteceu, pois não só os filmes não são disponibilizados no site reservado à imprensa, como a própria marca já os removeu do YouTube. Porquê? Tudo leva a crer que mostravam demais, antes do tempo. Tanto mais que a marca tem prevista uma transmissão em directo, no próximo dia 8, altura em que arrancam as pré-reservas de uma edição especial de lançamento.

Quem conseguiu visualizar os conteúdos, como os polacos da Elektrowoz, rapidamente se apercebeu que o hatchback eléctrico era pela primeira vez apresentado com um nome que não o de código (Neo). E tratou de garantir que ficaria com imagens retiradas do teaser, onde é claramente visível o logo da marca no canto inferior direito, o que sugere o carácter oficial da designação. E – surpresa! – a denominação comercial do primeiro modelo da família I.D. é aquela que já aqui tínhamos antecipado como sendo provável: nem mais nem menos do que ID. 3. Será só impressão nossa, ou a Volkswagen arrisca uma colagem à Tesla e ao seu Model 3?

Os vídeos ainda não deixam ver o interior, mas não andará longe desta solução, pois o Seat El-Born é a interpretação espanhola do ID.3

Os teasers divulgados pela Volkswagen na Holanda permitem ainda concluir que houve poucas mexidas na estética face ao concept revelado em 2016, no Salão de Paris. Vestido com uma camuflagem em vinil azul e com umas linhas elípticas em roxo, o ID. 3 exibe uma nova assinatura luminosa na frente. A iluminação diurna fica a cargo de uma fina tira em LED, que não só marca o contorno dos faróis esguios, como depois caminha em direcção ao logótipo da marca. Resta saber se este, à semelhança do que acontecia no showcar, também é iluminado, pois nestas imagens ainda surge tapado pelo vinil. De resto, destaque ainda para o para-choques e grelha praticamente “fechados”, pois não há necessidade de entradas de ar para refrigerar a mecânica. Atrás evidencia-se o amplo portão da bagageira, cujo acesso é baixo, para facilitar as operações de carga e descarga. Quanto aos grupos ópticos, surgem aqui num formato de “L” invertido, à semelhança dos mais recentes lançamentos da marca, como o T-Roc, enquanto as luzes desenham um “C” ao contrário.