Rádio Observador

Manchester City

Manchester City recorre ao Tribunal Arbitral do Desporto para evitar exclusão da Liga dos Campeões

O campeão inglês corre o risco de ficar de fora da prova milionário devido a sobrevalorização de receitas. O TAS abriu um processo e caberá a um painel de árbitros tomar uma decisão.

NEIL HALL/EPA

O Manchester City recorreu ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), por temer uma possível condenação ao nível da UEFA por violação de fair-play financeiro, que poderá implicar a exclusão de Liga dos Campeões de 2020/2021.

O TAS, que confirmou esta quinta-feira a entrada desse recurso, explica que vai abrir um processo de arbitragem e que não dará mais informação sobre o caso até que seja tomada uma decisão pelo painel de árbitros a constituir.

O campeão inglês, que já teve problemas por desrespeito do fair-play financeiro, recusa as atuais acusações que deverão ser avançadas pela Comissão de Controlo Financeiro da UEFA.

As investigações da UEFA iniciaram-se após documentos internos e correspondência terem sido publicados pelo jornal alemão Der Spiegel. Esses documentos, cuja autenticidade o clube nega, poderão comprovar que se sobreavaliaram receitas, para mitigar as perdas finais nas contas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)